• plantas para apartamentos
Massas Receitas

Surf and Turf

surf and turf

Você já ouviu o termo Surf and Turf para designar um prato ou receita? Surf and Turf ou Surf ‘n’ Turf nada mais é do que o prato que leva proteínas do mar e da terra juntos no mesmo preparo. A mistura, acredite, rende um match perfeito e pratos cheios de sabor, como por exemplo na gastronomia espanhola, com a deliciosa a paella valenciana que leva frutos do mar, aves e carnes vermelhas.

A técnica combina sabores delicados e intensos em um único prato e pode ainda brincar com texturas, criando experiências gastronômicas inesquecíveis. Quer se aventurar nesta tendência? Aposte na combinação fácil e certeira de crustáceos com carne de porco, como neste Espaguete com Camarões e Bacon, um arraso!

espaguete com camarão e bacon

Ingredientes

500gr espaguete

12 camarões médios, descascados e limpos

3 tomates maduros sem pele e sem sementes cortados em cubos

1/2 cebola picada

2 dentes de alho ralados

1 colher (sopa) polpa de tomate

vinho branco o quanto baste

100 gramas de bacon picado em cubos

sal e pimenta a gosto

manjericão para finalizar

Modo de preparo

Em uma panela grande cozinhe o espaguete com sal conforme instruções da embalagem. Quando cozido, escorra e reserve 1/2 xícara da água do cozimento.

Enquanto a massa cozinha, em uma frigideira frite o bacon até dourar. Como uma escumadeira, retire o bacon e reserve. Na mesma frigideira doure o alho, junte a cebola e cozinhe até murchar. Acrescente os tomates, tempere com sal e pimenta e cozinhe por alguns minutos até o tomate ficar macio. Junte o vinho branco, mexa até evaporar e acrescente a polpa de tomate. Cozinhe até formar um molho consistente.

Tempere os camarões com sal e pimenta e adicione ao molho. Cozinhe até que os camarões mudem de cor. Acerte o tempero. Traga a massa cozida e acrescente a água do cozimento para deixar o molho mais fluído.

Sirva com o bacon e finalize com as folhas de manjericão.

Você também vai gostar:
Massa em uma panela só

Receitas Sobremesas

Sorvete crocante caseiro

Verão pede sorvete, certo? Melhor ainda se ele for preparado em casa, do jeito que você gosta e mais gostoso ainda se ele tiver uma crocância… hummmm, irresistível.

Nesta receita vamos utilizar a Sorveteira Gelato Express Breville Tramontina, que tem capacidade para 1 litro de sorvete e 12 funções pré-programadas, uma maravilha!

COMECE FAZENDO O CROCANTE

½ xícara de castanha de caju ou outra que você preferir – dá para usar nozes, amêndoas, avelãs, macadâmia
1 xícara (chá) de açúcar
1 colher (sopa) de manteiga sem sal

Em uma frigideira antiaderente coloque a castanha. Ligue em fogo baixo e deixe a castanha por alguns minutos, para liberar o óleo e intensificar o sabor – não deixe torrar! Quando a castanha começar a dourar, junte o açúcar e vá mexendo até o açúcar derreter e virar um caramelo. Quando estiver no ponto, desligue o fogo e junte a manteiga. Mexa e transfira uma uma assadeira untada com manteiga. Faça uma camada fina, espalhando bem o caramelo de castanha.

Quando estiver frio, retire da assadeira e quebre em pedaços. Você pode usar um saco e um rolo de massas para quebrar bem o crocante. É só colocar os pedaços no saco e bater com o rolo (ou martelo para carnes) para quebrar em pedaços pequenos.

Reserve o crocante pronto.

sorvete crocante

INGREDIENTES DO SORVETE
(rende aproximadamente 1 litro)

1 xícara de creme de leite
1 xícara de leite
1/2 xícara de leite condensado
1 colher para chá de extrato de baunilha

MODO DE FAZER

Coloque o creme de leite, o leite, o leite condensado e a baunilha em uma tigela grande e misture. Refrigere até gelar. Despeje a mistura na tigela para sorvete. Defina a sorveteira para a configuração desejada e bata a mistura.

Acrescente o crocante pronto quando a máquina especificar para adicionar misturas.

Quando a mistura estiver congelada, transfira-a para um recipiente próprio para freezer e deixe-a no freezer por até uma semana.

Sirva com caramelo e nuts, uma delícia!

Você também vai gostar:
– Sorvete de baunilha
Sorvete Napolitano

Dicas

5 dicas para organizar o material escolar em casa

organizar material escolar

Organizar o material escolar em casa não precisa ser uma tarefa complicada. Geralmente são muitos materiais e isso pode facilmente se tornar uma bagunça se você não tomar cuidado – é aí que entra a organização.
Separamos algumas dicas pra você ter em mente ao organizar e armazenar o material escolar em casa.

Separe o que vai ser utilizado

O primeiro passo em qualquer tarefa de organização é organizar o que você não quer ou não precisa mais, uma vez que não faz sentido organizar o que não é mais necessário. Livre-se de canetas e marcadores que secaram ou não funcionam mais, bem como frascos vazios de cola, tesouras quebradas, papel muito amassado que pode ser reaproveitado, etc. Claro, muitos materiais escolares podem ser usados ​​de ano para ano, então não se livre de nada que ainda seja útil só porque é velho.

Reúna o material escolar em uma área

Manter todos os materiais escolares juntos em uma área é útil para você e seus filhos. Eles saberão onde encontrar o que precisam sem precisar perguntar onde está ou perder tempo a procura de algum item. Também torna a limpeza mais fácil, já que eles podem simplesmente colocar tudo de volta no mesmo lugar quando a lição de casa for concluída.

Se você gosta de manter algum estoque de material escolar, mantenha uma boa seleção de suprimentos de que eles precisarão, como um par de lápis e canetas, bem como marcadores, tesouras e cola, e o excesso de cada tipo de suprimento pode ser armazenado em um local fora do alcance. É só ir reabastecendo à medida que os itens acabem.

Escolha o local ideal

Escolha um local de armazenamento para os suprimentos próximo de onde seus filhos fazem o dever de casa. Pense em onde seu filho normalmente faz seus deveres de casa ou projetos escolares e, se possível, mantenha o material perto desse local. Novamente, isso ajuda seu filho a acessar mais facilmente os suprimentos e guardá-los quando terminar.

Categorize

Separe os suprimentos em categorias para manter as coisas organizadas e fáceis de encontrar. Se você simplesmente colocar todos os diferentes tipos de suprimentos juntos, em uma grande pilha, ela ficará confusa e desorganizada rapidamente. É por isso que com qualquer método de organização que você escolher, certifique-se de que há uma maneira de manter as diferentes categorias e tipos de suprimentos divididos e separados, como em pequenos recipientes separados, com divisórias de gaveta ou em diferentes gavetas organizadoras.

Boas ideias para organizar

organizando material escolar

Utilize cestas para criar nichos.

material escolar
foto: HGTV

Um carrinho com rodinhas pode ser uma boa solução para espaços pequenos.

organizando material escolar

Use organizadores de gaveta.

caixas organizadoras


Caixas plásticas mantém tudo organizado – se não forem transparentes, não esqueça de etiquetá-las!

potes organizadores

Potes transparentes, de vidro ou plástico, organizam e decoram ao mesmo tempo.

Inspire-se e comece já a organizar!

Café da manhã Receitas

3 receitas com banana para o café da manhã

panqueca de banana

Fonte de fibra, potássio, antioxidantes, carboidratos e vitaminas, a banana é uma das frutas mais populares do Brasil e uma opção perfeita para dar um up no seu café da manhã. Versátil, ela pode ser utilizada para preparar panqueca, smoothie e um delicioso bolo com nome gringo mas jeitão bem brasileiro.

Panqueca de banana

(para 4 porções)

1 ½ xícaras de farinha de trigo
2 colheres de açúcar
2 colheres de chá de fermento em pó
1 banana pequena bem madura (quanto mais madura, melhor)
2 ovos grandes
1 xícara de leite desnatado
½ colher de chá de extrato de baunilha
3 colheres de sopa de manteiga sem sal derretida
uma pitada de sal
Manteiga para fritar

Em um bowl misture a farinha, o açúcar, o fermento e o sal.
Em um prato, amasse a banana com um garfo. Coloque um em bowl pequeno e junte os ovos, o leite e a baunilha e bata até ficar bem homogêneo. Despeje a mistura de banana e a manteiga derretida na mistura de farinha. Mexa para misturar.

Aqueça uma frigideira antiaderente em fogo médio até ficar bem quente. Coloque um pedaço de manteiga na frigideira e gire. Coloque a massa em 1/4 de xícara na frigideira, espaçando as panquecas em cerca de 5 centímetros. Cozinhe até se formem pequenas bolhas na parte de cima e a parte de baixo esteja marrom, cerca de 2 minutos. Vire as panquecas e cozinhe até que o fundo esteja dourado e o topo estufado, mais 1 a 2 minutos. Com uma espátula, transfira as panquecas para um prato de servir.

smoothie de banana

Smoothie de banana

1 banana
½ laranja, descascada e dividida em quatro
1/3 xícara de iogurte grego
1/4 xícara de água ou leite comum ou vegetal
1 a 2 colheres de chá de mel (opcional)

Pique a banana e a laranja em pedaços e coloque no liquidificador. Cubra com iogurte e água (ou leite). Bata até ficar cremoso e homogêneo. Prove e ajuste com mel, se necessário.

banana bread

Banana Bread

3 bananas maduras bem amassadas (formando um purê)
1 xícara de açúcar
1 ovo
¼ xícara de manteiga derretida
1 ½ xícara de farinha de trigo
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 colher de chá de sal

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Unte e enfarinhe uma forma de pão de cerca de 24cm.

Misture as bananas amassadas, o açúcar, o ovo e a manteiga em um bowl. Junte a farinha e o bicarbonato de sódio na mistura de banana até que a massa esteja bem misturada. Junte o sal à massa. Despeje a massa na forma de pão preparada.

Asse no forno pré-aquecido até que um palito inserido no centro do pão saia limpo, cerca de 1 hora.

Você também vai gostar:
– French Toast

Receitas Saladas

5 frutas para dar um up na salada verde

frutas na salada

O verão chega e pede comidas mais refrescantes e muitas frutas, certo? Melhor ainda é poder juntar as duas coisas! Sim, é possível combinar salada verde com frutas e ganhar sabor e a refrescância que é a cara da estação. Separamos cinco frutas que vão bem em qualquer salada – se você nunca provou, vai se surpreender.

FRUTA NA SALADA

Maçã Verde

Corte a fruta em fatias e passe por suco de limão para que não escureçam. Use na salada de alface e finalize com nozes – um espetáculo!

CONFIRA NOSSA SELEÇÃO DE FATIADORES

fruta na salada

Caqui

Prefira a variedade Fuyu, que é mais firme e consistente e garante uma crocância à salada. Use fatiado na salada de folhas verdes e finalize com queijo gorgonzola.

fruta na salada

Abacate

O abacate perfeito para salada é o mais firme, que pode ser facilmente fatiado. Ele combina com as folhas verdes escuras e também com peixes e crustáceos. Experimente finalizar a salada com salmão defumado ou camarões.

laranja nasalada

Laranja

O cítrico da laranja dá um toque incrível a uma salada comum. Para usar, corte a laranja em gomos, desprezando a membrana branca. Espinafre, rúcula e couve são as folhas que ganham ainda mais sabor quando a laranja entra em cena. Quer deixar a salada com cara de festa? Aposte no queijo de cabra e na cebola roxa.

frutas na salada

Uvas

As do tipo sem semente são as mais indicadas e podem ser utilizadas inteiras ou fatiadas. Se for cortá-las, deixe para acrescentar por último na salada já temperada, uma vez que a uva tende a soltar bastante água. Prove com folhas mais amargas, como rúcula e radicchio.

Além das variações frescas, as frutas secas também vão super bem nas saladas verdes – prove damasco, uva passa e cranberry.

CONFIRA NOSSA SELEÇÃO DE SALADEIRAS

Você também vai gostar:
– 7 molhos para saladas

Receitas Saladas

Receita com lentilha para a virada – Vinagrete Russa

vinagrete russa

Comer lentilha na virada já é uma tradição, mas dá para fugir do lugar comum e preparar um prato com inspiração na culinária russa, super refrescante e que é a cara do nosso Revéillon. A vinagrete russa é naturalmente vegana, saudável e farta e pode ser preparada com ervilhas, lentilha ou feijões. Nesta receita, a beterraba confere uma cor vibrante, linda, e a lentilha garante a tradição.

Ingredientes

3 beterrabas médias
3 batatas médias
3 cenouras médias
300gr de lentilha cozida e escorrida
1 cebola pequena picada
3 picles de pepino em conserva pequenos
¼ xícara de cebola verde picada
3 colheres de sopa de azeite
1 colher de sopa de vinagre branco
sal e pimenta preta a gosto

Modo de preparo

Lave as lentilhas em uma peneira em água corrente. Cozinhe em água fervente até que estejam al dente. Escorra e reserve.
Cozinhe as beterrabas, cenouras e batata em panelas separadas até que estejam macias mas ainda firmes. Escorra, espere amornar e descasque. Corte em cubos do mesmo tamanho. Reserve.

Corte a cebola e os picles em cubos. Para evitar que as beterrabas coloram os outros vegetais, misture nelas 1 colher de sopa de azeite de girassol ou azeite de oliva. Em um bowl misture todos os vegetais junto com a lentilha cozida. Acrescente 2 colheres de sopa de azeite e 1 colher de sopa de vinagre de cidra branco ou de maçã. Tempere com sal e pimenta-do-reino moída e misture bem. Enfeite a salada com cebolinhas picadas e guarde na geladeira até a hora de servir.

Você também vai gostar:
– 4 simpatias para o Ano Novo

Dicas

4 simpatias para o Reveillon

rituais de ano novo

A festa de reveillon é quase sempre um momento de reflexão, renovação e planejamento para o novo ano que se inicia. A simbologia da data criou diversas superstições ao redor do mundo que visam atrair boas energias para o novo ciclo que está chegando – e todo mundo quer atrair boas energias para si, certo? Confira três práticas que garantem trazer tudo de bom no novo ano.

Selecionar a cor da roupa

Essa talvez seja a simpatia de reveillon mais conhecida. Muitos acreditam que as cores que você veste na hora da virada atraem coisas como paz, prosperidade e saúde. Confira as mais comuns:

Branco – atrai paz e purificação
Amarelo – riqueza e prosperidade
Laranja – criatividade
Vermelho – paixão
Verde – esperança
Azul – serenidade

Comer 12 uvas

Uma uva para cada batida do relógio. É assim que muitos acreditam atrair prosperidade para o ano novo. Mas atenção! É preciso guardar as sementes na carteira durante todo o novo ano para atrair mais dinheiro.

Comer lentilha

“Lentilha no ano novo, dinheiro o ano todo”. Mais uma superstição ligada a prosperidade, comer lentilhas na virada do ano pode trazer muita fartura. Simbolizando sorte e dinheiro, o grão pode ser servido de qualquer maneira, mas tem que estar presente na ceia.

SALADA DE LENTILHA

200 g de lentilha cozida al dente
1 tomate grande sem sementes picado em cubinhos
1/2 pimentão amarelo picado em cubos
1/2 cebola pequena picadinha
1/4 de xícara (chá) de suco de limão
Sal, pimenta e hortelã picado a gosto
Azeite extra virgem

Deixe a lentilha de molho em um bowl de um dia para o outro. Cozinhe, escorra a água e reserve.

Em uma saladeira coloque a lentilha cozida e acrescente os demais ingredientes. Tempere a seu gosto, finalize com o hortelã e sirva fria.

Pular sete ondas

Um costume que tem como origem as religiões de matriz africana no Brasil. O ritual de pular sete ondas do mar na virada homenageia Iemanjá – os pulos servem para abrir os caminhos no novo ano e deixar para trás o que não foi bom. Segundo a tradição, não se deve dar as costas ao mar após o ritual.

E você, qual seu ritual de ano novo?

Você também vai gostar:
– Acompanhamento para as ceias

Principais Receitas

10 dicas para preparar o Peru de Natal

dicas para assar peru

Peru na ceia de Natal já virou quase uma tradição, não é mesmo? Mas assar ave tem lá seus segredos e truques para garantir um prato final saboroso e, sobretudo, suculento. Peru é uma ave robusta e tem partes que cozinham/assam de forma distinta, por isso é muito comum que ao final ele tenha partes muito secas – o peito por exemplo cozinha muito mais rápido do que as coxas e sobrecoxas e a falta de gordura dessa parte acaba deixando-o mais seco. Mas, nada de pânico! Algumas dicas vão te ajudar a assar o melhor peru de Natal para ceia, pode apostar.

  1. Aves menores assam mais rápida e uniformemente, por isso cogite comprar duas aves pequenas ao invés de uma muito grande.
  2. Prefira as opções sem tempero e orgânicas disponíveis no mercado. Temperando em casa, você garante o melhor sabor sem excesso de sal – confira nossas dicas para uma marinada perfeita aqui.
  3. Se possível, tempere a ave dentro de um saco de assar e deixe marinar por 12 a 18 horas na geladeira – o tempo vai depender do tipo de marinada e do tamanho da ave. Temperos mais concentrados requerem menos tempo de marinada.
  4. Nunca leve o peru gelado direto ao forno. retire antes da geladeira e deixe chegar a temperatura ambiente antes de levar ao forno, sempre preaquecido.
  5. Se for utilizar recheio dentro da ave, lembre-se de deixar algum espaço para que ele se expanda.
  6. Para garantir um cozimento por igual, coloque papel alumínio sobre o peito por 1/3 do tempo de forno.
  7. Amarre as pernas com barbante culinário e cubra a ponta das asas com um pedaço pequeno de papel alumínio, que deve ser retirado quase no final para dourar levemente a parte que ficou coberta.
  8. Regue a ave a cada 30 minutos de forno com a gordura que se acumula na assadeira.
  9. Vire a assadeira no forno de tempos em tempos – nem sempre o calor do forno é distribuído de forma igual e virando a ave você garante que ela seja assada uniformemente. Para uma noção de tempo, calcule cerca de 20 minutos para cada 500gr de carne.
  10. Deixe descansar antes de servir. O calor intenso do forno força o caldo para o centro da ave, portanto, após assar, deixe o peru descansar por cerca de 20 minutos. Os sucos serão redistribuídos e você obterá fatias mais úmidas.

O líquido que fica no fundo da assadeira rende um delicioso molho para servir com o peru – confira nossas dicas aqui.

Você também vai gostar:
– Aproveitando as sobras das ceias

Acompanhamentos Receitas

3 variações para o arroz da ceia

arroz para ceia

Arroz é um dos acompanhamentos mais tradicionais na culinária brasileira e, mesmo sendo um protagonista nas refeições do dia-a-dia, ele também é presença frequente nas ceias de Natal e Ano Novo. Para essas celebrações vale a pena caprichar e apostar em variações que deixam o grão de todo dia super festivo e ainda mais gostoso. Veja três sugestões que separamos para você.

arroz com abacaxi

Arroz com curry e abacaxi

Uma combinação fresca e divertida, aqui o grão ganha o cítrico do abacaxi e o aroma do curry e ainda pode ser servido na própria casca da fruta, ganhando um ar tropical super charmoso.

Descasque o abacaxi e corte em cubos. Leve as cascas para cozinhar em água por 30 minutos e utilize essa água, coada, para cozinhar o arroz.

Refogue alho e cebola em azeite, junte o abacaxi picado e curry em pó – 1 colher (chá) é suficiente. Misture bem, desligue o fogo para não cozinhar demais o abacaxi e misture ao arroz cozido. Finalize com castanhas torradas e cebolinha.

arroz nozes

Arroz integral com nozes e cranberry

Aqui o toque natalino da cranberry e das nozes combina perfeitamente com as ceias.
Cozinhe 1 xícara (chá) de arroz integral como de costume, de preferência utilizando caldo de legumes no lugar da água. À parte, derreta 3 colheres (sopa) de manteiga em uma frigideira, junte 1/3 xícara (chá) de nozes pecan e 1/3 xícara (chá) de cranberry desidratada. Mexa e cozinhe por 3 minutos, desligue e misture ao arroz.

arroz com passas

Arroz com espumante e passas

Derreta 50gr manteiga e doure 1 cebola picadinha. Junte 4 xícaras de arroz e misture, até que todos os grãos estejam envolvidos na manteiga. Acrescente 2 litros de espumante e 2 xícaras de uva passa. Misture, espere ferver, tampe parcialmente a panela e mantenha no fogo por 15 minutos, até que os grãos estejam macios e cozidos. Deixe descansar por 10 minutos antes de servir.

Você também vai gostar:
– Acompanhamentos para a ceia
– Bolo de Natal


brunch Pães Receitas

Rabanadas

rabanadas

Poucas coisas tem tanta cara de Natal quanto rabanadas docinhas, cobertas com açucar. Uma receita que atravessa gerações e é tradição em muitas famílias. Dá para usar brioch, pão francês e, para os menos puristas, até pão de forma. E não precisa nem comprar pão! Os pães amanhecidos garantem rabanadas ainda mais gostosas.

Na receita, o pão é embebido em uma calda doce, frito e finalizado com mais açúcar e canela. Pode ser servido na hora, mas há quem garanta que a rabanada fica ainda melhor fria, e até no dia seguinte!

Ingredientes

10 fatias médias de pão
2 xícaras (chá) de leite
½ lata de leite condensado
3 ovos
½ xícara (chá) de óleo para fritar
açúcar e canela para polvilhar

Modo de preparo

Em um bowl, misture o leite com o leite condensado. Em outro bowl pequeno bata os ovos, até misturar bem.
Aqueça uma frigideira com o óleo.
Passe as fatias de pão primeiro na mistura dos leites e deixe por alguns segundos para que o pão absorva bem o líquido. Escorra um pouco, passe o pão pelos ovos batidos e leve para a frigideira.

Frite por 2 minutos de cada lado. retire com uma escumadeira e escorra em papel toalha, para tirar o excesso de óleo.

Em um prato misture o açúcar com a canela – a quantidade é a seu gosto, mas geralmente 1/2 xícara dessa mistura é suficiente para cobrir as rabanadas. Passe as fatias já fritas nessa mistura e sirva a seguir.

rabanadas

Quer dar mais cara de Natal?

Sirva as rabanadas polvilhadas com açúcar de confeiteiro peneirado e enfeite com cerejas ou frutas vermelhas de sua preferência.

O que é banneton Como fazer bolo espiral colorido