Categoria

Dicas

Dicas Receitas Sobremesas

Massa folhada, um coringa na cozinha

dicas de receitas com massa folhada

Precisa de um petisco rápido e gostoso? Aposte na massa folhada! Encontrada pronta em supermercados, ela é um grande coringa na cozinha e um ingrediente sempre bom de ter na geladeira. Em pouco tempo você prepara petiscos deliciosos e sobremesas perfeitas com um pacote de massa folhada em mãos. Aqui, separamos algumas sugestões para você se inspirar e uma deliciosa receita de rosas de maçã – feitas com poucos ingredientes e com visual incrível, elas são uma ótima dica de sobremesa.

Brie com massa folhada

Aqui não tem mistério. Basta uma folha de massa folhada, um disco de queijo brie (cerca de 125gr), 1 ovo e a geleia de sua preferência. A ideia é cobrir o queijo com a massa folhada, fechando bem, pincelar com o ovo batido e levar ao forno preaquecido a 180ºC até dourar. Para servir, cubra com sua geleia favorita e acompanhe com torradinhas.

Rápido, prático e delicioso!

pizza com massa folhada

Pizza com massa folhada

Uma pizza deliciosa feita em minutos? Sim! Coloque a massa folhada em uma forma de pizza enfarinhada(no formato que você preferir). Dobre as bordas e cubra com o recheio escolhido – tomate cereja, queijo e manjericão são infalíveis. Leve ao forno médio preaquecido 200ºC por 30 a 35 minutos ou até dourar na borda.

torcidinho assa folhada

Torcidinhos de massa folhada

Abra a massa folhada e pincele a gema. Polvilhe queijo parmesão em metade da massa. Sobre a outra metade sobre o parmesão. Aperte bem, corte em tiras compridas, dê uma torcidinha e coloque em forma antiaderente. Pincele com gema batida, polvilhe mais queijo ou orégano e leve ao forno preaquecido por 20 minutos ou até dourar.

enroladinho massa folhada

Enroladinhos

Aqui a criatividade entra em ação. Você pode rechear sua massa folhada com seus ingredientes favoritos – vegetais, queijos, embutidos, frutas… basta cortar a massa, rechear e dobrar – uma boa dica é fazer como um triângulo e, se preferir, fechar com um garfo, como se faz no pastel. A finalização é a mesma – pincelar a gema e levar ao forno preaquecido até dourar. Uma boa dica é usar vegetais refogados, como espinafre e escarola.

Muitas ideias super práticas, certo? E que tal uma coisinha doce com um visual lindo? As rosas de maçã são a nossa dica.

rosas de massa folhada

Rosas de Maçã e Massa Folhada

Ingredientes

1 unidade de massa folhada 
3 maçãs fuji
100 gramas de geleia de damasco (ou outra de sua preferência) 
1 pitada de açúcar de confeiteiro
1 pitada de canela em pó (opcional)
suco de 1/2 limão

Modo de preparo

Abra a massa folhada e corte em tiras de 10 cm.
Corte em 4, retire a parte do meio e corte em fatias finas, usando um mandoline ou cortador.
Em travessa coloque água, o suco de limão e as maçãs fatiadas e leve ao microondas por 5 minutos. Esta etapa á para deixar as maçãs mais maleáveis, mas não cozidas. Escorra.

como fazer rosas de massa folhada

Em cada fatia de massa pincele a geleia. Disponha as fatias de maçã sobrepostas ao longo das tiras de massa, mas apenas em uma das metades, deixando uma pontinha das bordas das maçãs com casca fora da massa. Se desejar, polvilhe canela neste momento.

coo fazer rosas de massa folhada


Agora, dobre a massa folhada por cima das maçãs e comece a enrolar para formar as rosas.

Para manter o formato asse em formas de cupcake ou muffin, em forno preaquecido a 180ºC por 3o minutos, ou até que esteja dourado. Retire da forma e polvilhe açucar de confeiteiro.

Dicas Pães Receitas

O que é Banneton e como usar

o que é banneton

Você ama pão, quer produzir em casa e está na dúvida sobre o uso do Banneton? Reunimos as dicas que vão esclarecer suas dúvidas e te ajudar a fazer pães caseiros incríveis.

O que é um Banneton?

Banneton é uma cesta utilizada para colocar o pão enquanto ele faz a última fermentação, antes de ir pro forno. A cesta mantém o formato da massa, regula a umidade e deixa listras nas laterais dos pães. Eles são fabricados com madeira legalizada, sem cola ou qualquer elemento que possa contaminar a massa do pão. 

Como utilizar o Banneton

É muito fácil! É só seguir os passos abaixo e garantir um pão perfeito e delicioso saindo do forno.

como usar o banneton

Passo 1 – Coloque a farinha

Para que o pão não grude no Banneton, é necessário colocar farinha nele. Utilize a farinha que desejar, porém as mais recomendadas são farinha de arroz ou fubá.

Use uma peneira e incline seu Banneton ao deixar a farinha cair, assim você gasta menos farinha e ela cai mais uniformemente.

como usar o banneton

Passo 2 – Transfira a massa

Nessa etapa, é necessário colocar a massa modelada para descansar e o procedimento não poderia ser mais simples. Basta colocá-la de cabeça para baixo no Banneton, com cuidado para não estragar o formato.

Cubra seu Banneton com uma sacola ou pano úmido e deixe a massa crescer até a hora de assar. Se quiser retardar a fermentação, você pode colocar o seu Banneton na geladeira.

como usar o banneton

Passo 3 – Assar e limpar

Após o descanso, chegou a hora de assar o pão. Com o Banneton nas mãos, basta virá-lo de cabeça para baixo e a massa vai desenformar na superfície onde você deseja assar.

Nunca coloque seu Banneton dentro do forno.

Com o pão assando no forno, você já pode limpar seu Banneton. Não é necessário lavá-lo, basta pegar alguma escova ou pincel, retirar o excesso de farinha e deixá-lo em algum lugar arejado por algumas horas para perder umidade. Pronto, ele já está pronto para outra fornada!

Como escolher o Banneton certo?

É simples: você só precisa se atentar à capacidade de massa do banneton e ao tamanho dele.

Primeiro, verifique sua receita e some todos os ingredientes, em gramas, para a massa de 1 pão. Esse é o número que você deve usar para ver se o banneton comporta a sua massa*.

Depois, verifique o tamanho da sua assadeira ou da sua panela. O banneton não pode ser maior que ela, senão a massa não vai caber na hora de assar.

(*) Caso a soma dos ingredientes passe um pouco, não há problema. Há uma margem de segurança de aproximadamente 100 g em cada Banneton.

panela para assar pão le creuset

Assando o pão na Panela para Pão Le Creuset

Ao assar em casa, existe o desafio de manter a temperatura e a umidade do forno altas nos minutos iniciais. A temperatura faz as bolhas de gás se expandirem e a umidade é essencial para evitar que uma crosta se forme durante o processo de expansão, que ocorre nos primeiros 15 ou 20 minutos.

Os padeiros profissionais utilizam fornos especiais onde é possível controlar perfeitamente esses dois parâmetros, mas e em casa? Felizmente, existem algumas opções para criar resultados tão bons quanto os de um forno profissional e a panela de ferro fundido é uma das opções.

A marca francesa Le Creuset lançou uma panela para pão perfeita para assar com resultados profissionais. Confeccionada em ferro fundido que mantém uma distribuição superior de calor e com desing exclusivamente pensado para produzir resultados de qualidade de padaria, a Panela para Pão Le Creuset Vermelha 24CM é segura para forno a até 250°C.

Ela possui uma tampa em forma de cúpula que prende e circula o vapor para um excelente sabor final, enquanto sua base assa uma camada uniforme e produz uma crosta dourada e crocante marcada com três anéis escrito Le Creuset. Com um esmalte interior Matte Black que facilita a limpeza e alças e pegador ergonômico, a Panela para Pão Le Creuset Vermelha 24CM faz com que seja fácil ter pão fresquinho todo dia!

De olho na temperatura!

panela para pão le creuset
Veja como é fácil utilizar a Panela para Pão Le Creuset

A ideia é, nos primeiros 15 ou 20 minutos, criar um micro-ambiente muito quente e com bastante umidade. Por isso, a panela de ferro fundido é uma opção perfeita, já que possui capacidade térmica alta e pode ser fechada, criando o ambiente perfeito para receber a massa.

Independente da forma que você escolha assar, sempre pré-aqueça seu forno por pelo menos 20 minutos na temperatura máxima (ou 260˚C).

Receita de pão básico

Receita criada para Panela para Pão Le Creuset
Tempo de cozimento 3 ½ h – Tamanho da porção 1 Pão Redondo

INGREDIENTES

  • 4 xícaras (550 g) de farinha de trigo;
  • 1 colher de chá (7 g) de sal marinho;
  • 1 colher de chá (4 g) de fermento biológico;
  • 1 ½ xícaras (360 g) de água morna (entre 30 – 37 °C);
  • Azeite de oliva ou óleo vegetal;

MODO DE PREPARO

  1. Misture a farinha, o sal e o fermento em um bowl ou em uma batedeira. Adicione a água morna e comece a bater em velocidade baixa com o gancho para massa por cerca de 1 minuto (ou misture com uma espátula). Aumente a velocidade para média e bata até que a massa esteja macia e elástica, cerca de 8 -10 minutos (ou sove com a mão). A cada poucos minutos, para a batedeira e retire a massa presa no gancho e nas laterais do bowl. Quando a massa aparentar homogênea, corte um pequeno pedaço e estique. Se esticar ao ponto de ficar transparente, está sovada o suficiente, se não, continue.
  2. Remova o bowl da batedeira e cubra com a tampa de uma panela ou com plástico filme. Deixe que a massa cresça até que tenha dobrado de tamanho e não volte quando empurrar com a ponta do dedo, cerca de 1 ½ – 2 horas (menos se for um dia úmido e mais se estiver frio).
  3. Vire a massa em uma superfície enfarinhada e sove por 1 -2 minutos para soltar os gases formados durante o processo de fermentação. Molde no formato de uma bola, coloque no Banneton e deixe descansar com cerca de 10 minutos.
  4. Pincele levemente a base da panela com óleo. Coloque a massa no centro da base e cubra com a tampa. Deixe a massa crescer novamente até que aproximadamente dobre de tamanho e não volte quando empurrar com a ponta do dedo, cerca de 30-60 minutos.
  5. Durante os últimos 15 minutos do tempo de crescimento, pré-aqueça o forno a 230 °C. Quando estiver pronto para assar, marque o pão com uma faca afiada ou navalha, fazendo uma X para permitir que a massa se expanda livremente. Cubra e leve ao forno quente.
  6. Asse por 30 minutos. Retire a tampa, reduza a temperatura do forno para 190 °C e continue assando por mais 15-20 minutos, até que o pão esteja dourado e cozido. Ele deve ter uma temperatura interna de aproximadamente 93 °C quando pronto. Retire cuidadosamente o pão da base e deixe esfriar em um rack por pelo menos 30 minutos antes de cortar.

Dicas

5 dicas para otimizar seu tempo na cozinha

como otimizar o tempo na cozinha

A falta de tempo é uma das maiores causas da má alimentação pois faz com que as pessoas recorram a alimentos industrializados e fast food nada saudável em seu dia-a-dia. Porém, com alguma organização e planejamento é possível ter comida caseira e saudável todos os dias da semana. Temos 5 dicas que vão te ajudar.

PLANEJAR O CARDÁPIO SEMANAL É IMPORTANTE!

A maneira como você se organiza para cozinhar uma refeição, seja café da manhã, almoço ou jantar faz toda diferença no seu dia-a-dia. Algumas pessoas gostam de produzir um cardápio com muita antecedência, comprar tudo que for necessário, cozinhar tudo de uma vez e congelar. Já outras preferem cozinhar semanalmente ou mesmo cozinhar apenas no almoço ou jantar, produzindo uma quantidade maior que seja suficiente para duas ou mais refeições. O importante é encontrar a maneira que mais se encaixa em sua rotina e seguir alguns passos para deixar o processo mais organizado.

Crie um calendário

Inclua em um calendário o que gostaria de cozinhar nos próximos dias ou semanas. Se a inspiração está faltando, reserve um tempo para navegar em blogs e sites de receitas e não se sinta pressionada a variar incrivelmente o cardápio todos os dias. Leve em conta seu estilo alimentar e o que sua família mais gosta de comer, certificando-se de optar por ingredientes saudáveis sempre que possível.

Pra te ajudar a compôr o cardápio, também facilita classificar os dias por temas, como por exemplo transformar a quinta em um “dia da massa”, a sexta em “dia do peixe” e etc.

Vale a pena levar em conta a sazonalidade dos ingredientes de hortifruti na hora de criar o cardápio semanal, assim como incluir itens que estejam com preços mais atrativos no supermercado que você compra.

Faça as compras

Escolha um dia de compras e sempre faça uma lista. Considere as compras baseado no cardápio que você estipulou.

Não esqueça de checar as ofertas e traçar um roteiro de compras no supermercado, o que evita que você compre coisas que não estão na lista. Se você compra online, cadastre-se para receber as ofertas ou opte pela compra recorrente, em que você escolhe os itens que compra todos os meses e recebe em sua casa.

Estabeleça uma rotina

Escolha o dia da semana que será dedicado a este planejamento das refeições. Se organize para cozinhar ou pré cozinhar tudo que for possível no cardápio escolhido. Dá para facilitar a vida descascando, cortando e congelando alguns vegetais; higienizando as folhas e frutas e adiantando processos, como refogados, caldos e outros.

CONFIRA NOSSA SELEÇÃO DE DESCASCADORES

linha clear fresh

Use o freezer

Cozinhe quantidades maiores de alguns componentes de suas refeições, como por exemplo molho de tomate, arroz, feijão e congele. E lance mão de alguns coringas na cozinha que facilitam sua vida e podem ser congelados, como carne moída refogada (que pode virar recheio em diversos preparos), frango desfiado (que pode incrementar legumes e saladas). Congele legumes que podem facilmente virar uma deliciosa sopa, como abóbora e brócolis por exemplo.

Seja estratégico ao congelar pratos e componentes de pratos. É surpreendente quantas coisas podem ser congeladas com bons resultados. Queijo ralado, raspas de cítricos, gengibre descascado e muitos outros ingredientes congelam perfeitamente e podem dar aquele up na comida comum do dia-a-dia.

CONFIRA NOSSA SELEÇÃO DE SACOS PARA CONGELAR

Mantenha a cozinha e a despensa organizadas

Para criar uma rotina que facilite a sua vida é muito importante que sua cozinha esteja organizada. Na hora de cozinhar você não precisa perder tempo procurando pelas coisas se elas estiverem organizadas, nichadas, etiquetadas… a organização é uma grande aliada da cozinha saudável!

Use e abuse dos potes de vidro com fechamento hermético para manter sua despensa limpa, organizada e sem desperdícios com ingredientes perdidos e vencidos. O vidro facilita a localização e é super higiênico, ideal para armazenar mantimentos como grãos e especiarias.

Sempre mantenha os itens que mais utiliza ao alcance das mãos e na hora de cozinhar o cardápio da semana, separe tudo que precisará usar, retornando tudo para o lugar ao final do preparo. Lembre-se, se você sabe onde as coisas estão não precisará perder tempo procurando por elas. Guarde as coisas sempre no mesmo lugar!

CONFIRA NOSSA SELEÇÃO DE POTES

Dicas

5 dicas para organizar o material escolar em casa

organizar material escolar

Organizar o material escolar em casa não precisa ser uma tarefa complicada. Geralmente são muitos materiais e isso pode facilmente se tornar uma bagunça se você não tomar cuidado – é aí que entra a organização.
Separamos algumas dicas pra você ter em mente ao organizar e armazenar o material escolar em casa.

Separe o que vai ser utilizado

O primeiro passo em qualquer tarefa de organização é organizar o que você não quer ou não precisa mais, uma vez que não faz sentido organizar o que não é mais necessário. Livre-se de canetas e marcadores que secaram ou não funcionam mais, bem como frascos vazios de cola, tesouras quebradas, papel muito amassado que pode ser reaproveitado, etc. Claro, muitos materiais escolares podem ser usados ​​de ano para ano, então não se livre de nada que ainda seja útil só porque é velho.

Reúna o material escolar em uma área

Manter todos os materiais escolares juntos em uma área é útil para você e seus filhos. Eles saberão onde encontrar o que precisam sem precisar perguntar onde está ou perder tempo a procura de algum item. Também torna a limpeza mais fácil, já que eles podem simplesmente colocar tudo de volta no mesmo lugar quando a lição de casa for concluída.

Se você gosta de manter algum estoque de material escolar, mantenha uma boa seleção de suprimentos de que eles precisarão, como um par de lápis e canetas, bem como marcadores, tesouras e cola, e o excesso de cada tipo de suprimento pode ser armazenado em um local fora do alcance. É só ir reabastecendo à medida que os itens acabem.

Escolha o local ideal

Escolha um local de armazenamento para os suprimentos próximo de onde seus filhos fazem o dever de casa. Pense em onde seu filho normalmente faz seus deveres de casa ou projetos escolares e, se possível, mantenha o material perto desse local. Novamente, isso ajuda seu filho a acessar mais facilmente os suprimentos e guardá-los quando terminar.

Categorize

Separe os suprimentos em categorias para manter as coisas organizadas e fáceis de encontrar. Se você simplesmente colocar todos os diferentes tipos de suprimentos juntos, em uma grande pilha, ela ficará confusa e desorganizada rapidamente. É por isso que com qualquer método de organização que você escolher, certifique-se de que há uma maneira de manter as diferentes categorias e tipos de suprimentos divididos e separados, como em pequenos recipientes separados, com divisórias de gaveta ou em diferentes gavetas organizadoras.

Boas ideias para organizar

organizando material escolar

Utilize cestas para criar nichos.

material escolar
foto: HGTV

Um carrinho com rodinhas pode ser uma boa solução para espaços pequenos.

organizando material escolar

Use organizadores de gaveta.

caixas organizadoras


Caixas plásticas mantém tudo organizado – se não forem transparentes, não esqueça de etiquetá-las!

potes organizadores

Potes transparentes, de vidro ou plástico, organizam e decoram ao mesmo tempo.

Inspire-se e comece já a organizar!

Dicas

4 simpatias para o Reveillon

rituais de ano novo

A festa de reveillon é quase sempre um momento de reflexão, renovação e planejamento para o novo ano que se inicia. A simbologia da data criou diversas superstições ao redor do mundo que visam atrair boas energias para o novo ciclo que está chegando – e todo mundo quer atrair boas energias para si, certo? Confira três práticas que garantem trazer tudo de bom no novo ano.

Selecionar a cor da roupa

Essa talvez seja a simpatia de reveillon mais conhecida. Muitos acreditam que as cores que você veste na hora da virada atraem coisas como paz, prosperidade e saúde. Confira as mais comuns:

Branco – atrai paz e purificação
Amarelo – riqueza e prosperidade
Laranja – criatividade
Vermelho – paixão
Verde – esperança
Azul – serenidade

Comer 12 uvas

Uma uva para cada batida do relógio. É assim que muitos acreditam atrair prosperidade para o ano novo. Mas atenção! É preciso guardar as sementes na carteira durante todo o novo ano para atrair mais dinheiro.

Comer lentilha

“Lentilha no ano novo, dinheiro o ano todo”. Mais uma superstição ligada a prosperidade, comer lentilhas na virada do ano pode trazer muita fartura. Simbolizando sorte e dinheiro, o grão pode ser servido de qualquer maneira, mas tem que estar presente na ceia.

SALADA DE LENTILHA

200 g de lentilha cozida al dente
1 tomate grande sem sementes picado em cubinhos
1/2 pimentão amarelo picado em cubos
1/2 cebola pequena picadinha
1/4 de xícara (chá) de suco de limão
Sal, pimenta e hortelã picado a gosto
Azeite extra virgem

Deixe a lentilha de molho em um bowl de um dia para o outro. Cozinhe, escorra a água e reserve.

Em uma saladeira coloque a lentilha cozida e acrescente os demais ingredientes. Tempere a seu gosto, finalize com o hortelã e sirva fria.

Pular sete ondas

Um costume que tem como origem as religiões de matriz africana no Brasil. O ritual de pular sete ondas do mar na virada homenageia Iemanjá – os pulos servem para abrir os caminhos no novo ano e deixar para trás o que não foi bom. Segundo a tradição, não se deve dar as costas ao mar após o ritual.

E você, qual seu ritual de ano novo?

Você também vai gostar:
– Acompanhamento para as ceias

Dicas

8 dicas para decorar a árvore de Natal

dicas para decorar árvore de Natal

Quem não quer decorar a árvore de Natal perfeita, com enfeites e luzes harmoniosos, festivos e elegantes? Bem, pode até parecer fácil, mas decorar uma árvore de Natal também tem seus truques e nós vamos listar 8 dicas que vão te ajudar a transformar sua árvore de Natal em um ponto central das festas de final de ano.

1. Invista em uma árvore artificial de alta qualidade

As árvores de Natal de qualidade fornecem suporte robusto e seguro para decorações, além de serem mais duráveis, podendo ser utilizadas por muitos anos. Se esse é o seu caminho, opte por uma árvore tradicional ao invés de investir em tendências. Além de não ficar desatualizada, uma árvore tradicional lhe dá a base perfeita para usar a criatividade e decorar como quiser.

2. Preparar para receber os enfeites

Abrir os galhos ajuda a deixar sua árvore de Natal mais cheia e natural. Isso pode ser uma tarefa muito demorada, mas acredite, o resultado final vale a pena. Abra cada galho para que eles se espalhem para cobrir a maior área possível. E não hesite em dobrar cuidadosamente galhos individuais para preencher as lacunas.

Quem não quer decorar a árvore de Natal perfeita, com enfeites e luzes harmoniosos, festivos e elegantes?

3. Escolha seu tema

Sim, o tema central é Natal, mas você pode (e deve!) seguir um tema personalizado para decorar sua árvore. Decidir um tema antes de escolher suas decorações dá o tom e uma ideia clara do caminho a seguir. Você pode, por exemplo, selecionar cores ou estilo: enfeites mais rústicos, mais delicados, coloridos ou seguindo uma paleta específica ou ainda por material.

4. Comece com as luzes

Embora as árvores de Natal pré-iluminadas sejam populares e economizem tempo (e dinheiro), você precisará de luzes para árvores de Natal se tiver uma simples (real ou artificial). Como regra geral, os especialistas aconselham 100 lâmpadas ou 5 metros de luzes para cada 60 centímetros de árvore de Natal. Portanto, para uma árvore de cerca de dois metros, você precisaria de 300 lâmpadas ou 15 metros de luzes. A primeira e mais importante coisa que você precisa fazer ao decorar sua árvore de Natal é sempre adicionar as luzes primeiro – é mais difícil fazer isso depois de adicionar decorações como enfeites e guirlandas.

Não esqueça de usar a tomada como ponto de partida! Comece pela parte de baixo, contornando a árvore e subindo até o topo. Ao chegar na parte de cima, volte a fazer o contorno para baixo, de preferência mantendo as luzes em cima dos galhos.

Quem não quer decorar a árvore de Natal perfeita, com enfeites e luzes harmoniosos, festivos e elegantes?

5. Escolha as decorações certas

Escolher enfeites adequados ao seu tema ajudará a obter um design harmonioso. Inclua diferentes formas, tamanhos, acabamentos e designs e combine com enfeites tradicionais, como bolas e laços.

6. Equilibre a decoração

Arrume os enfeites da parte superior da árvore e depois trabalhe na parte inferior. Dessa forma, você pode facilmente verificar seu design enquanto enfeita a árvore. Agrupe três enfeites de tamanhos diferentes para garantir um design equilibrado. Você pode juntar peças parecidas ou escolher peças contrastantes.

7. Aposte nas fitas

Fitas decorativas trazem mais uma camada decorativa à sua árvore. Você pode usar um ou dois tipos de fitas de texturas contrastantes e larguras diferentes para criar mais impacto. As melhores fitas para trabalhar contornando a árvore são as que tem bordas de arame, pois elas mantém melhor a forma.

8. Toques finais na árvore de Natal

Finalizar o trabalho de decoração com um topo perfeito faz toda diferença! Certifique-se de escolher aquele que melhor se adapta ao seu tema e à proporção da sua árvore. As estrelas brilhantes e as ponteiras são clássicas, mas há também a opção de finalizar a árvore com laços, flores ou um elemento ligado ao seu tema.

Muitas vezes esquecida, uma saia para árvore de Natal é o toque final em suas decorações e servem para equilibrar o design geral de sua árvore de Natal. Ela chama atenção naturalmente para a parte inferior da árvore e ajuda a produzir um visual completo e harmonioso. Além disso, é o cenário perfeito para presentes de Natal lindamente embrulhados. Se a sua árvore estiver em um vaso ou cesta, escolha um tapete de árvore.

CONFIRA NOSSA SELEÇÃO MESA POSTA PARA MONTAR UMA MESA DE NATAL PERFEITA

Dicas

Renovando o ambiente – dicas para pintura

renovando o ambiente

Se você quer renovar um ambiente mas não pretende fazer grandes intervenções, a pintura é a maneira mais simples de dar cara nova ao espaço sem precisar gastar muito.

Se pintar a casa parece assustador para você, que tal começar com uma parede pequena? Muitas vezes uma cor diferente em uma única parede já garante um frescor e, se você não é um especialista no assunto, algumas dicas simples podem te ajudar nesta tarefa.

O clima ideal

Umidade significa secagem lenta, por isso evite pintar em dias chuvosos.

Preparação

É fundamental preparar com cuidado a área que receberá a nova pintura. isso significa que qualquer área rachada, descamada ou descascada precisa ser levemente lixada ou raspada antes de receber a tinta, pois o peso da nova demão vai soltar a tinta velha.

Equipamentos certos

Compre pincéis, rolo e fita adesiva de qualidade. Se você está gastando muito com uma ótima tinta, definitivamente não quer comprometer o resultado utilizando acessórios ruins. Bons pincéis e rolos oferecem uma cobertura excelente para que você não perca tempo com reaplicação, e a fita adesiva vai dar o acabamento perfeito e profissional que você quer.

Proteção

Proteja tudo o que você não quiser pintar. Você nunca vai se arrepender do tempo que gasta cobrindo pisos, móveis e ferragens antes de começar um projeto de pintura. Separe lonas, jornais e panos para ajudar nesta tarefa.
Não esqueça também de remover interruptores e as tampas das tomadas. Você pode ficar tentado a pular essa etapa, mas o sucesso da sua pintura depende deste preparo.

Sem desperdício

Se a ideia também é economizar, comece comprando a quantidade certa de tinta. Leve a medida da área a ser pintada e peça ajuda ao vendedor na hora de calcular a quantidade necessária de tinta. Tintas tem uma vida útil e guardá-las por muito tempo acaba sendo um desperdício.

Mãos a obra!

Se você estiver pintando sobre uma superfície escura a recomendação é usar um fundo preparador de pintura, que é tipo um revestimento, como um primer, que fica fisicamente entre sua pintura e a superfície.

Uma vez que o fundo está preparado, é hora de aplicar a cor escolhida. Mexa bem a tinta antes de começar. Comece usando o pincel nas bordas do teto e rodapé e depois use o rolo para aplicar a tinta do teto para baixo, com movimentos suaves e contínuos.

Fique atento ao tempo de secagem entre as demãos. Uma boa dica é consultar o guia do fabricante para garantir o melhor resultado da tinta escolhida.

pintura de paredes

Teste

Se você vai mudar radicalmente a cor de um ambiente a dica de ouro é: teste a cor antes de aplicar em toda a superfície! A incidência de luz e até o tom da decoração interferem no resultado final da cor por isso, é bom que você avalie a cor em vários momentos do dia. Compre o teste na cor escolhida e siga as instruções do fabricante.

Ficou animado? Renovar um ambiente pode ser uma ótima oportunidade para imprimir sua personalidade, trabalhar sua criatividade, trazer uma sensação de organização e ainda combater o estresse.

pintura de ambientes

Aposte também em novos objetos que podem trazer o ar de renovação que você busca – que tal usar cestos de fibras naturais? Eles são uma grande tendência e podem ser utilizados para organizar e decorar.

Dicas

Alimentação saudável – Shots matinais

shots matinais

Você conhece os shots matinais? Ele já é sucesso entre quem quer incluir hábitos mais saudáveis em seu dia-a-dia. Em uma única dose, a bebida concentrada reúne vitaminas, fitoquímicos e compostos digestivos com o objetivo de desintoxicar o corpo, ajudando o organismo a eliminar toxinas. Feito com a mistura de alguns ingredientes como limão, vinagre, gengibre, cúrcuma, pimenta e canela entre outros, esta super bebida pode trazer vários benefícios para a saúde.

Os shots matinais também contém ingredientes ricos em propriedades anti-inflamatórias, o que traz benefícios para a imunidade, uma necessidade ainda maior em tempos de pandemia.

shot matinais

Como consumir os shots matinais

Pela manhã, em jejum, é a melhor indicação, já que é o momento perfeito para otimizar sua eficiência, mas ele também pode ser consumido ao longo do dia, entre as refeições.

Água, limão e gratidão

Sucesso na internet, essa mistura ajuda a melhorar a imunidade.

Suco de 1 limão tahiti ou limão-galego
30 ml de água morna
15 gotas de própolis verde

somo fazer shots matinais

Gengibre é um ótimo remédio antiinflamatório natural!

Maçãs verdes têm baixo teor de açúcar e são uma forma deliciosa de harmonizar o gengibre picante e açafrão nesta receita. Dois limões adicionam uma explosão de sabor cítrico forte que é carregado com vitamina C. O gengibre ajuda a limpar as vias respiratórias e alivia a dor de garganta, enquanto o açafrão ajuda a combater a inflamação.

1 maçã
2 limões
Um pedaço de gengibre (cerca de 5 cm)
Um pedaço de raiz de açafrão (cerca de 5 cm)

Lave todos os ingredientes e descasque-os, se não forem orgânicos. Pique os ingredientes e passe tudo pela centrífuga.

CONFIRA NOSSA SELEÇÃO DE DESCASCADORES

shot matinal detox

Shot detox

Sumo de 1 limão
½ maçã com a casca
1 folha pequena de couve
1 ramo pequeno de salsa
3 cm da raiz do gengibre
50 ml da água filtrada.

Bata todos os ingredientes no liquidificador. Tome imediatamente sem coar.

Precisando de mais energia?

Suco de 1 limão tahiti ou limão-galego
1 colher de chá rasa de canela em pó
Gengibre em pó
1 pitada de pimenta-caiena
Água morna para completar

Misture os ingredientes no copinho e complete com água morna.

Vale lembrar que os shots matinais não devem substituir o café da manhã ou refeições e também não podem ser a única forma de adquirir nutrientes.
Os shots não substituem a quantidade necessária de vitaminas e minerais que o nosso corpo precisa, mas complementam uma alimentação balanceada. Mesmo com o consumo de shots matinais, frutas e vegetais devem fazer parte da alimentação do dia-a-dia.

Antes de adotar o consumo de shots matinais, é importante buscar a orientação de um especialista para adequar o hábito ao seu estilo de vida e alimentação.

Dicas

5 acessórios que facilitam a organização do closet

cinco dicas para organizar o closet

Você sabia que um armário ou closet sem organização pode ser a causa de um grande estresse? Especialistas acreditam que viver em um ambiente desorganizado provoca estresse, além da consequente perda de tempo que a falta de organização traz para a rotina do dia-a-dia. Ou seja, organizar a casa tem ligação direta com o bem-estar e a qualidade de vida, já que ambientes organizados facilitam o trabalho do cérebro, que trabalha com previsibilidade para realizar tarefas.

Se isso lhe soa familiar, é bom saber que ao menos existe solução para esse estresse. O primeiro passo é passar a enxergar a organização como um estilo de vida. É preciso desenvolver o hábito de arrumar e isso pode e deve ser praticado diariamente.

Para começar, pense na organização que melhor funciona para você – o objetivo é criar um sistema personalizado e que você possa manter ao longo do tempo. O primeiro passo talvez seja selecionar o que você realmente usa e pensar no espaço com compartimentos específicos para cada tipo de roupa e acessório. Se isso parece complicado, saiba que existem acessórios capazes de facilitar essa tarefa e criar no closet um ambiente funcional e organizado. Confira abaixo cinco itens que vão facilitar sua organização.

Etiquetas

Não é segredo que etiquetar traz uma enorme praticidade na hora de encontrar um acessório ou objeto e isso também funciona muito bem no closet. Etiquetas são fundamentais no uso de caixas organizadoras, mantendo o acesso fácil quando necessário. Guarde e etiquete peças que você não usa constantemente ou aquelas pequenas que podem facilmente se perder dentro do armário.

colmeias organizadoras

Colmeias

As colmeias são perfeitas para manter a organização pois, devido ao seu design que lembra uma colmeia de abelhas, criam nichos que mantém organizados diversos itens e ainda ajudam a proteger as peças com tecidos mais delicados, já que evita o contato direto entre elas. Elas se encaixam nas gavetas e facilitam muito na hora de tirar ou repôr as peças, mantendo tudo no lugar.

cabideiro

Cabideiros

Se existe um problema de falta de espaço, os cabideiros talvez sejam uma ótima opção para você. Ele pode ser uma solução simples e eficiente para acessórios e peças que você usa com frequência. Disponíveis em diversos formatos e tamanhos, eles ainda trazem charme e personalidade ao ambiente.

Cabides especiais

Cabides são itens indispensáveis em qualquer closet, mas você sabia que pode melhorar ainda mais a organização apostando em modelos especiais e específicos para cada finalidade? Aposte em modelos para gravatas, cintos, lenços e use sempre os modelos adequados para cada peça de roupa.

Capas protetoras

Além de organização, é fundamental pensar na proteção das peças que estão no closet ou armário e, para isso, nada melhor do o uso das capas protetoras. As capas protetoras são perfeitas para a tarefa de prolongar a vida útil de sua roupas e podem ser usadas para proteger ternos, blazers, jaquetas ou o que mais você quiser. Disponíveis em diversos tamanhos, elas manterão suas peças perfeitas e prontas para o uso.

CONFIRA NOSSA SELEÇÃO DE ITENS PARA ORGANIZAR A CASA TODA

Você também vai gostar:
– Closet organizado em 5 passos

Dicas

Halloween – Dicas de decoração para a mesa

decoração halloween

Sim, uma decoração de mesa para o Halloween pode (e deve!) ser assustadora, mas ao mesmo tempo elegante, com decorações criativas, coloridas e arrojadas. A ideia é usar seus utensílios e abusar da criatividade para dar novas funções a diversos objetos.

Experimente as cores tradicionais do Halloween – o preto e o laranja dão o tom da comemoração! Separe itens como castiçais, pratos de bolo, bowls, guardanapos, copos, taças. Bandejas também são essenciais – elas podem ser decoradas com teias de aranha e servem como apoio para as bebidas, que também podem ganhar uma decoração para o tema – experimente usar garrafas com velas para dar um ar de castelo mal assombrado

itens na cor preta
itens na cor laranja
decoração para halloween

Outras cores como vermelho, cinza e até dourado também rendem ótimas combinações. Guardanapos vermelhos, louça preta, velas e um veludo no lugar da toalha de mesa garantem um “jantar vampiresco” super elegante. Use o que você já tem e invista em uma peça central de destaque para garantir uma mesa temática impressionante.

decoração halloween
decorar para o halloween

Misture motivos e padrões, inclua detalhes metálicos e aposte em arranjos de flores seguindo a paleta de cores utilizada. Na mesa de petiscos, adicione elementos como morcegos, esqueletos, mini abóboras, chapéus de bruxa. Tecidos como renda e tule ajudam a decorar e trazem o espírito da festa.

aperitivo para halloween

E, claro, leve a decoração também para os pratos. Aqui, uma sugestão simples e prática para um petisco temático: nada mais do que queijo e salgadinhos em forma de palito – arremate com um galho de salsinha e pronto! O resultado? Vassouras de bruxa saborosas e cheias de charme.

Confira outras sugestões:
– Múmias de salsicha
– Cupcakes de abóbora
– Martini de abóbora

O que é banneton Como fazer bolo espiral colorido