Todos os posts de

Utilplast

Dicas

Hora da papinha

papinhas de bebê

Chegou a hora de introduzir a papinha na alimentação do seu bebê? A Organização Mundial da Saúde recomenda que a introdução alimentar só seja feita depois de seis meses de aleitamento materno exclusivo. Ou seja, a partir dos seis meses, além do leite materno, o bebê passa a saborear papinhas, sopas e frutas. Para iniciar o processo, é importante que o bebê possa sentar-se ereto e manter a cabeça erguida. Depois de obter a aprovação do pediatra do seu filho, é hora de começar a preparar deliciosas papinhas de um jeito super simples e prático. Confira algumas dicas:

  • Respeite o tamanho das porções indicadas pelo pediatra! No início, bebês precisam apenas de 1 a 2 colheres de sopa de um alimento, portanto, mantenha as porções pequenas.
  • Introduza papinhas doces e salgadas simultaneamente. Vale começar pelas frutas, depois acrescentar os legumes, verduras e proteínas e também arroz, feijão e macarrão.
  • Procure utilizar alimentos frescos e tome cuidado com o excesso de sal, além de evitar temperos fortes, como a pimenta.
  • Lembre-se sempre de adequar a consistência dos alimentos ao nascimento da dentição da criança, pois respeitar essa fase do desenvolvimento ajuda a evitar engasgos e sufocamentos.
  • Fique atento a alergias, especialmente ao alimentar seu filho com alimentos que contêm alérgenos comuns, como ovos, amendoim, trigo, soja, peixe e marisco.
  • Por fim, não se esqueça de respeitar o tempo, a aceitação e o apetite da criança! Caso o bebê pareça não gostar de algum ingredientes, sem problemas. Nesta fase essa é uma reação comum e esperada. Apesar da negativa, tente oferecê-lo mais vezes, variando o tipo de preparo.
papinhas de bebê

Papinha sem mistério

Um método completamente tradicional e que nada mais é do que amassar os alimentos e oferecê-los em forma pastosa ao bebê.  Nesta fase, vale evitar o liquidificador, que pode deixar os alimentos líquidos demais e comprometer a textura.

Comece com purês simples de um único ingrediente. Isso pode ajudar a identificar uma alergia ou sensibilidade alimentar. Depois de provar a tolerância de seu filho a alimentos individuais, você pode tentar combinações para realçar o sabor e o gosto.

Papinhas de frutas e legumes

Banana
Muitas vezes chamada de alimento “perfeito”, as bananas são ricas em potássio e fibras e são uma das frutas mais aceitas pelo bebê. As bananas também são conhecidas como um dos antiácidos da própria natureza e são muito suaves para o estômago. Utilize as maduras, mais macias e docinhas para preparar papinhas. Ofereça amassada e, mais para a frente, em pedaços e até inteira. 

Abacate
Com textura amanteigada, o abacate é um alimento maravilhoso para o cérebro e o desenvolvimento físico do bebê por conter a chamada “gordura boa”. Amasse até ficar lisinho no começo e, aos poucos, vá deixando a textura mais rústica.

Mamão
As enzimas no mamão ajudam na digestão, então este pode ser um alimento perfeito para ajudar a aliviar a constipação do bebê ou problemas de barriga. Aqui também é importante escolher o mais maduro e ir evoluindo na textura.

Batata doce
Batatas-doces são fontes de vitaminas, antioxidantes e fibras. Uma papinha preparada em forma de purê simples com um toque de água ou leite é uma refeição saborosa e nutritiva.

Cenoura
As cenouras são uma ótima introdução aos sólidos por causa de seu sabor naturalmente doce e textura agradável. Um purê simples de cenouras fornece um rico suprimento de beta-caroteno antioxidante e vitamina A.
O ingrediente também é ótimo para evoluir nas texturas – comece oferecendo purês bem lisinhos e avance para cubos bem cozidos conforme a evolução do seu bebê.

Papinha de carne, batata e abóbora

1 colher de sobremesa de óleo
½ cebola picada
1 dente de alho pequeno
2 colheres de sopa de carne moída
1 batata pequena cortada em cubos
1 inhame pequeno cortado em cubos
2 colheres de sopa de abóbora cortada em cubos

Modo de preparo

Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola, o alho e a carne moída. Em seguida, acrescente a batata, o inhame e abóbora. Cubra com água, tampe a panela e cozinhe até que todos os ingredientes estejam macios e com um pouco de caldo. Depois de pronto, amasse tudo grosseiramente com o garfo e sirva.

linha buba baby

Lembre-se que a descoberta de novos sabores é uma das fases mais deliciosas da vida do bebê. Pensando nisso, a marca Buba traz itens pensados com muito carinho. Através de cores, formas, texturas e sons, estimula todos os sentidos, contribuindo para o crescimento saudável da criança. Os itens de alimentação proporcionam praticidade aos pais e autonomia ao pequeno.

CLIQUE AQUI PARA CONFERIR A LINHA BUBA NA UP.

Dicas

Covid-19 | Dicas para limpeza

covid-19 dicas de limpeza

Em tempos de Covid-19, surgem diversas incertezas a respeito das tarefas domésticas e dos cuidados para manter o ambiente limpo e as pessoas protegidas. Em meio a diversas informações, o que sabemos é que o vírus é transmitido por meio do contato direto com gotículas respiratórias de uma pessoa infectada (pela tosse, pelo espirro e por gotículas de saliva) e ainda através do toque em superfícies contaminadas com o vírus. Dependendo do material, o vírus pode sobreviver em superfícies por algumas horas e por isso o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (Center for Disease Control, CDC) e a Organização Mundial de Saúde (OMS) recomendam que algumas áreas de sua casa tenham uma limpeza extra para manter as bactérias e vírus afastados.

Limpar superfícies frequentemente tocadas 

Limpar e desinfetar superfícies que são muito tocadas em sua casa regularmente é uma precaução importante para reduzir o risco de contaminação pelo Covid-19. Concentre-se nas áreas de alto tráfego que permitem que vírus se espalhem pela casa. Estas áreas incluem maçanetas, interruptores de luz, mesas, controles remotos, corrimão de escadas, escrivaninhas e cadeiras. Basicamente, qualquer coisa que você toque regularmente.

VOCÊ SABIA?
Limpar e desinfetar são coisas diferentes. Limpeza significa que você está se livrando de germes, enquanto que desinfetar significa que você está realmente matando-os. Embora você possa limpar superfícies com eficiência, isso não significa que você está desinfectando.

Não esqueça que a desinfecção não é algo instantâneo e que cada produto age em tempos diferentes, por isso é preciso dar ao produto tempo suficiente para matar o vírus ou bactérias em uma superfície antes de limpá-la.

Lembre-se também de usar luvas durante a limpeza e de manter as mãos afastadas dos olhos e da boca, além de seguir sempre as instruções do produto de limpeza para um uso seguro e eficaz, garantindo uma boa ventilação do ambiente durante a utilização.

Limpe o que vem da rua

Em tempos de Covid-19, é importante um cuidado extra com o que vem da rua. Limpe e desinfete itens como bolsas, mochilas, chaves e outros itens que você leva para fora de casa todos os dias.

O ideal é tirar a roupa antes de entrar em casa para evitar contaminação em outros objetos. Isso é especialmente importante se você trabalha em áreas com maior risco de exposição ao vírus, como hospitais e clínicas. A roupa retirada pode ser misturada às outras no cesto de roupa suja e lavada junto com outras peças – no caso de haver pessoas infectadas com o Covid-19 na casa, suas roupas pessoais e de cama devem ser lavadas separadamente. Caso não seja possível lavá-las imediatamente, devem ser armazenadas em sacos plásticos até o momento da lavagem. Não esqueça de lavar e desinfetar frequentemente também seu cesto de roupas sujas!

Dica:
Se os tecidos permitirem, você pode utilizar água quente na hora da lavagem. É uma ótima opção para garantir que nenhum germe ou bactéria sobreviva. 

Na cozinha

Descarte embalagens desnecessárias em uma lixeira com tampa.

Retire o alimento da embalagem do delivery e coloque em pratos ou travessas limpas. Descarte as embalagens em lixeira com tampa.

Embalagens como latas, sacos plásticos (feijão, arroz, etc.) e caixas de leite podem ser limpas com um desinfetante antes de abertas ou armazenadas.

Lave bem os produtos não embalados, como frutas e legumes, em água corrente. Para garantir a higienização desses produtos, deixe-os de molho em 1 litro de água potável com uma colher de sopa e água sanitária por 20 minutos, escorra e enxugue.

Clique e conheça a Linha Clear e Clear Fresh OU para armazanear alimentos com segurança na geladeira.

Nunca coloque um alimento na geladeira antes de higienizá-lo, seja um ingrediente ou embalagem.

Lave as mãos com água e sabão depois de higienizar as embalagens e os alimentos.

Por fim, nunca é demais lembrar: Lave as mãos frequentemente com água e sabão por, pelo menos, 20-30 segundos e use sempre álcool gel e máscara ao sair de casa.

Receitas Vegetais

Cebola, muito além do tempero

cebola recheada

Alho e cebola formam a dupla perfeita para temperar diversos tipos de preparações na cozinha, mas eles também podem ser protagonistas em diversas receitas, como essa Cebola recheada com queijo de cabra e alho poró, perfeita para um prato principal vegetariano, leve e surpreendente.

Ingredientes

4 cebolas roxas grandes
1 batata de tamanho médio descascada e cozida
1 alho-poró
100 gramas queijo de cabra
2 colheres de sopa azeite
sal e pimenta a gosto
4 colheres de sopa nozes picadas
Salsinha fresca para finalizar

Modo de preparo

Descasque as cebolas e cozinhe em água fervente com sal por cerca de 10 minutos. Corte uma tampa de cada uma e retire parte das camadas interiores com o auxílio de uma colher de café, deixando cerca de 4 camadas ou o suficiente para que ela permaneça em pé.

Pré-aqueça o forno a 200ºC. Pique 1/4 da cebola retirada e use o restante em outro preparo ou para fazer um caldo. Amasse a batata cozida (confira nossa seleção de amassadores) e corte o alho-poró em rodelas finas. Amasse o queijo e misture com a cebola picada, a batata e o alho-poró. Adicione 1 colher de sopa de azeite e tempere com sal e pimenta. Distribua a mistura como recheio das cebolas e coloque-as em uma assadeira untada. Regue com as nozes picadas e um pouco mais de azeite. Asse na prateleira do meio do forno por cerca de 30-40 minutos. Retire do forno e finalize com salsinha picada.
Sirva com salada.

Versatilidade

O recheio da receita também pode ser utilizado para rechear cebola branca, cogumelos, tomate, pimentão. O queijo de cabra pode ser substituído por queijos como roquefort ou gorgonzola, que garantem um sabor marcante para o preparo.

Você também vai gostar:
Alho Confit

Dicas

Iogurte, um coringa na cozinha

iogurte caseiro

Ele sem dúvidas faz sucesso no café da manhã, mas você sabia que o iogurte pode ser um grande coringa na cozinha, deixando suas receitas ainda mais saudáveis? Seja para deixar o molho mais cremoso, os produtos assados ​​mais úmidos ou os smoothies – bem – mais suaves, o iogurte definitivamente tem potencial para se transformar na estrela da sua geladeira. Separamos algumas dicas para você introduzir de vez o ingrediente em sua alimentação.

Frango mais suculento

Experimente marinar seus cortes de frango em iogurte e especiarias antes de irem ao forno. Um clássico na culinária indiana, marinar carne de frango no iogurte irá amaciar e dar um sabor delicioso e picante, além de manter a umidade de cortes como o filé por exemplo.

molho de iogurte para saladas

Saladas mais leves

O iogurte pode substituir a maionese em molhos para saladas e há dois benefícios nisso. Por um lado, você está cortando calorias desnecessárias e, segundo, você está substituindo um ingrediente nutricionalmente vazio como a maionese, por um ingrediente que tem o benefício adicional dos probióticos, mas não compromete a textura.

Por causa da acidez e do teor de gordura, ele é um ótimo molho para salada sozinho ou com uma simples adição de alho, ervas ou especiarias. Quer tentar? Aposte no iogurte para temperar sua salada de repolho e descubra uma salada cheia de sabor e refrescância.

CONFIRA NOSSA SELEÇÃO SUPER CHARMOSA DE SALADEIRAS

No bolo, claro!

Iogurte adiciona umidade e gordura à massa do bolo, deixando-o úmido. Um bolo feito com ele nunca fica seco, pelo contrário, é sempre tão macio, úmido e absolutamente delicioso. Portanto, a resposta é sim, comece a preparar seus bolos com iogurte e surpreenda-se!

Smoothies e vitaminas

Use como substituto do leite em receitas congeladas como sorvetes, picolés, smoothies e vitaminas. Tente bater sua fruta preferida congelada com uma porção de iogurte grego e você terá uma bebida super fresca e saudável.

Muitas possibilidades

Ainda há muitos outros lugares onde você pode – e deve! – usar o iogurte. Experimente no purê de mandioquinha e talvez você nunca mais queira usar creme de leite. Ama estrogonofe? Então você vai ficar apaixonado pela versão que leve iogurte – o resultado é um prato leve, ligeiramente ácido e muito, muito saboroso. Ele também vai bem em receitas e pães, massa de pizza, quiches e massa de tortas.

E na sobremesa, iogurte é uma grande sacada como acompanhamento de frutas e receitas simples como bolos, brownies e até mesmo uma corriqueira gelatina pode ganhar um UP quando acompanhada de uma colherada de iogurte. Experimente!

preparando iogurte caseiro

PREPARE IOGURTE CASEIRO

Apenas dois ingredientes: leite e bactérias. Sim, é muito fácil fazer iogurte em casa, basta respeitar a temperatura certa e o tempo.

1 litro de leite integral
120gr de iogurte natural sem açucar

Em uma panela esquente o leite até atingir a temperatura de 85ºC (veja nossa seleção de termômetros de cozinha). Quando atingir a temperatura, abaixe o fogo e mexa por 15 minutos, sem deixar ferver.

Transfira para uma tigela de vidro ou um recipiente que retenha bem o calor e deixe amornar até atingir 45ºC – muita atenção com esta temperatura! É ela que vai garantir que o leite quente não mate os micro-organismos do iogurte. Por outro lado, se o leite estiver frio demais não estimula o crescimento e atividade dos micro-organismos.
Separe um concha do leite e, em uma tigela pequena, misture com o iogurte, que deve estar em temperatura ambiente – isso é uma espécie de temperagem. Leve essa mistura ao leite, mexa delicadamente e cubra a tigela com filme plástico.

Agora é o tempo que vai fazer a mágica! Se preferir, cubra a tigela com um pano ou manta e deixe em um lugar mais quente por no mínimo 8 horas – o forno desligado é uma ótima opção. O processo pode levar até 12 horas, a depender da temperatura ambiente.

Guarde o iogurte na geladeira em recipiente com tampa por até uma semana e não esqueça de separar um potinho para fazer a próxima leva!

Você também vai gostar:
– Torta rústica de pêssegos

Dicas

Dicas para limpar sua panela de ferro esmaltado

como limpar panela de ferro Le Creuset

Você comprou a tão sonhada panela de ferro Le Creuset – um clássico da marca desde 1925 – e agora quer saber como limpar e conservar melhor sua nova amiga da cozinha? Nós te damos as dicas que vão fazer você manter sua panelas Le Creuset por várias gerações na sua família.

A primeira coisa a saber é que as panelas Le Creuset são feitas com ferro fundido esmaltado durável e não requerem o mesmo trabalho de manutenção das tradicionais panelas de ferro. Sendo esmaltadas, elas não precisam de nenhum preparo antes da utilização, não enferrujam e podem ser lavadas com sabão ou mesmo na máquina de lavar louça. A cor areia do esmalte também ajuda na tarefa – a superfície lisa é resistente a manchas e evita que o alimento grude, deixando a limpeza muito mais fácil.

Para começar, lembre-se sempre de deixar a panela esfriar até até a temperatura ambiente antes de começar a limpeza. Colocar uma panela quente na água fria pode causar rachaduras no esmalte devido ao choque térmico.

Lave com água morna e sabão neutro, utilizando a parte macia e não abrasiva da esponja, enxague e seque bem antes de guardá-la.

Ficou difícil a limpeza?

É lógico que ninguém quer queimar a comida em sua Le Creuset, mas também ninguém está livre de um momento de distração e isso pode acontecer principalmente se for utilizada uma temperatura muito alta por muito tempo. Uma maneira de evitar que isso aconteça é utilizar fogo médio ou baixo, uma vez que a distribuição e retenção de calor do ferro fundido esmaltada Le Creuset é excepcional.

Se existe um resíduo preso no fundo, nada de desespero! Encha a panela com água morna com sabão e deixe de molho – isso vai ajudar a desprender os resíduos do fundo.
Também é possível usar 1 ou 2 colheres de sopa de bicarbonato de sódio, encher com água morna e levar para ferver por cerca de 8 a 10 minutos. Quando os resíduos ficarem menos resistentes, deixe esfriar, escorra a água da panela e faça o processo normal de limpeza.

O que usar?

Para limpar sua panela de ferro esmaltado use sempre escova e esponjas macias e evite as de metal.
Evite ainda os produtos de limpeza abrasivos porque eles podem danificar a superfície do esmalte. Uma pastinha feita com bicarbonato de sódio e água também ajuda a tirar manchas difíceis, resíduos de óleo e marcas em sua panela.

Você também vai gostar:
#DICASDEUSO: PANELAS DE FERRO LE CREUSET

Dicas

Substituições saudáveis

substituições saudáveis

Optar por substituições saudáveis ​​na preparação das refeições é uma ótima maneira de manter uma dieta saudável e balanceada sem sacrificar o sabor e o prazer da comida.

Algumas substituições simples de ingredientes podem ajudar a reduzir a quantidade de açúcar, sal, gordura e calorias que você consome. Substituir ingredientes que fazem parte do dia-a-dia pode parecer estranho no início, mas com o tempo seu corpo vai agradecer e você pode até acabar amando o novo sabor! Tentar algumas alternativas também pode ajudá-lo a diversificar sua rotina alimentar e alcançar uma dieta balanceada – essencial para fornecer todos os nutrientes de que seu corpo necessita. Dê uma olhada nesta lista de substituições de ingredientes que você pode tentar para dar um impulso saudável às suas refeições.

Integral

Substitua o pão branco, farinha, macarrão e arroz por versões integrais. Esses produtos contêm o grão inteiro e fornecem uma variedade de nutrientes importantes.

ghee

Manteiga

Purê de maçã sem açúcar E purê de abóbora podem substituir a manteiga em muitas receitas para ajudar a reduzir a quantidade de gordura saturada que você consome. Uma ótima opção também é o abacate – seja na torrada, no pão (experimente, o sabor é delicioso!) ou ainda em seus brownies. Sim, você pode substituir a manteiga em suas receitas assadas por abacate e você nem vai notar a diferença.

abacate

Também é possível substituir a manteiga por ghee, um tipo de manteiga clarificada com sabor aromático, porém discreto. Ela praticamente não contém caseína ou lactose e, portanto, é uma opção mais segura para pessoas com alergia ao leite ou intolerância à lactose. Substituir manteiga pelo ghee funciona melhor com itens cozidos a altas temperaturas e servidos quentes, como pães e biscoitos. No entanto, como o ghee fornece mais umidade, pode ser necessário alterar a quantidade de líquido e farinha nas receitas.

Ao contrário do azeite, que pode não ser adequado para uso em itens doces, o óleo de coco também é um bom substituto da manteiga porque retorna ao estado sólido à temperatura ambiente.

Outras substituições da manteiga que vai no pãozinho: queijo cottage, ricota, manteiga de amendoim e homus. Experimente!

Maionese e creme de leite

Que tal iogurte grego no lugar da maionese e do creme de leite? O iogurte grego é naturalmente ácido e com baixo teor de gordura. Esprema um pouco de limão no iogurte para inserir probióticos que auxiliam a digestão em suas refeições!

Vai usar maionese? Substitua por iogurte grego e você ficará surpreso com o quão semelhantes são as texturas. Para ganhar ainda mais sabor, adicione um pouco de alho, sal e ervas ao iogurte grego e você terá um molhinho para sanduíches que é muito melhor do que a maionese – mais saboroso e saudável.

Em muitas receitas também é possível substituir o creme de leite por iogurte grego, mas também é possível optar por leite desnatado ou com baixo teor de gordura para receitas de sopas à base de creme ou em receitas assadas, para reduzir calorias e gordura.

Menos açucar

Baunilha, noz-moscada e canela são ingredientes cheios de doçura. Use-os em combinação para diminuir a quantidade de açúcar que você normalmente usaria em uma receita – desta forma, você pode intensificar o sabor doce sem usar muito açúcar.

substituições saudáveis

Menos sal

Experimente ervas e especiarias frescas em vez de sa. Você vai deixar para trás o sódio e adicionar um novo sabor às suas refeições. Se você não pode usar ervas frescas, ervas secas e especiarias são ótimas alternativas.

Mais nutrientes

Troque a alface da salada por espinafre, rúcula, couve e agrião. Essas folhas verdes escuras contêm nutrientes importantes que não estão presentes nas folhas verdes mais claras.

Chocolate

Aposte nos nibs de cacau para saciar aquela vontade de chocolate. Optar por esses pedaços não processados ​​(ou menos processados) elimina os aditivos e o açucar, ao mesmo tempo que adiciona uma boa dose de antioxidantes.

Mude a chave para cozinhar

Use forno, grelha ou frigideira para fritar. Sim, frituras por imersão são deliciosas mas dispensar o banho de óleo por apenas um borrifo de azeite em uma grelha ou forno facilita o corte da gordura sem sacrificar o sabor.

CLIQUE E VEJA NOSSA INCRÍVEL SELEÇÃO DE FRIGIDEIRAS

vapor

Cozinhar no vapor também é uma grande alternativa porque remove menos nutrientes dos vegetais. Enquanto a fervura pode sugar alguns dos melhores nutrientes (daí porque a água fica verde depois de ferver os brócolis por exemplo), o vapor mantém tudo no alimento e garante muito mais nutrição.

CLIQUE PARA VER NOSSA SELEÇÃO PARA COZINHAR NO VAPOR.

Você também vai gostar:
Leites vegetais

Dicas

Símbolos de lavagem

símbolos de lavagem

Você já se perguntou o que significam aqueles símbolos de lavagem nas etiquetas das roupas? Pode parecer algo difícil de desvendar, mas as informações são importantes e úteis para preservar a vida útil das peças e fazem parte de normas reguladas pelo INMETRO (NBR ISO nº 3758:2005).

Abaixo os símbolos de lavagem mais comuns e seus significados (lembrando que são símbolos universais). Siga as instruções da peça e mantenha-a nova por muito mais tempo.

Não esqueça de manter seus eletrodomésticos sempre limpos, seguindo as instruções de limpeza do fabricante e as orientações do manual de cada equipamento.

Símbolos para lavar

Eles indicam a orientação de lavagem das peças e informam se devem ser lavadas à mão ou a forma correta de lavar a peça na máquina.

símbolos para lavar

Não esqueça também de verificar sempre as instruções quanto a lavagem a seco e o uso de produtos químicos.

símbolos para lavar

Símbolos para secar

Na hora de secar também é preciso conferir os símbolos. Algumas peças não devem ir à secadora de roupas e necessitam de atenção quanto à temperatura.

símbolos para secar

Símbolos para passar

E, finalmente, não deixe de considerar os símbolos das etiquetas na hora de passar a peça. Aqui, todo cuidado é pouco, principalmente quanto à temperatura.

símbolos para passar

Agora que você já conhece os símbolos presentes nas etiquetas, que tal conferir nossa seleção de itens essenciais para lavanderia?

Você também vai gostar:
Misturas para limpeza
Dicas para limpar vidros e espelhos

Receitas Sobremesas

Gelatina colorida

gelatina colorida

A gelatina é um desses clássicos de Verão, uma opção refrescante que agrada adultos e crianças e pode ser uma ótima opção para o lanche em dias quentes. Na versão colorida, elas encantam ainda mais e ganham um charme extra quando preparadas em formas decoradas ou em porções individuais em taças ou copos.

Ficou animado? Então confira algumas dicas que vão garantir o sucesso da sua gelatina colorida.

  1. Use menos água do que o indicado na embalagem para preparar os sabores de gelatina. Uma boa proporção é usar 100ml de água quente e 100ml de água fria/gelada para cada sabor.
  2. Se você usar água bem gelada na preparação vai garantir que a mistura fique menos quente. Assim, na hora de incluir uma nova camada na gelatina já gelada, você não corre o risco de esquentar demais a camada anterior.
  3. O processo é demorado, já que cada camada precisa de um tempo mínimo de refrigeração para firmar, mas você consegue acelerá-lo um pouco colocando a forma no freezer por 10 minutos a cada nova adição de camadas. Lembrando que ao final a gelatina não deve ficar no freezer, e sim na geladeira!
  4. Se for utilizar forma, unte-a bem com óleo vegetal (girassol ou canola são as melhores opções).
  5. Tempo é a chave do sucesso! Prepare sua gelatina colorida na véspera de servir.
gelatina colorida

Gelatina Colorida

Ingredientes

4 a 6 pacotes de gelatina de sabores variados
Água fervente e gelada (100ml de cada para cada sabor de gelatina)
1 lata de leite condensado
1 vidro de leite de côco (200ml)
óleo para untar (se for preparar em forma)

Modo de preparo

Faça a gelatina conforme as instruções do pacote, porém, usando 100ml de água gelada e 100ml de água quente.
Despeje metade do volume total (ou seja 100ml) em uma forma decorada com buraco no meio, untada com óleo. Leve para o congelador por 10 minutos, ou até endurecer um pouco.

Misture na outra parte (100ml) 3 colheres (sopa) de leite condensado e 2 colheres (sopa) de leite de côco e misture bem. Coloque por cima da primeira camada já gelada com cuidado pelas paredes da forma, leve para endurecer novamente por mais 10 minutos. Siga os mesmos passos com todas as cores de gelatina, na ordem que quiser. Depois de terminado o processo, coloque a forma na geladeira e só desenforme no dia seguinte.

gelatina colorida

Mas, se o seu ponto forte não é paciência, dá para investir na versão sem camadas – mais prática e igualmente deliciosa.

Os ingredientes são parecidos – no lugar de leite de coco use uma caixinha 1 caixinha de creme de leite (200g) e acrescente na lista 1 envelope de gelatina em pó sem sabor (incolor).

Prepare cada gelatina seguindo a instrução do fabricante (aqui também use menos água do que o indicado para obter uma gelatina mais firme para corte). Prepare cada sabor, coloque em um pote pequeno (de preferência quadrado ou retangular!) e leve para gelar.
Quando estiverem firmes, corte todas as gelatinas em cubos.
No liquidificador bata o leite condensado (use metade se preferir uma versão menos doce!) , o creme de leite e a gelatina sem sabor dissolvida confirme instrução da embalagem.
Coloque os cubos de gelatina em uma travessa de vidro ou forma de buraco no meio (se for desenformar não esqueça de untar a forma!), cuidando para intercalar e misturar as cores para garantir um efeito ainda mais bonito.
Depois, acrescente a mistura batida no liquidificador e leve para gelar. Prepare na véspera!

gelatina colorida

A criançada está em casa? Que tal levá-las para a cozinha e preparar copinhos de gelatinas coloridas?

Agora que você está animado para preparar gelatina colorida em casa, que tal conhecer a linha Marissa de formas decoradas?

Receitas Sobremesas

Sorvete de Baunilha

sorvete baunilha

A estação mais quente do ano pede a refrescância de um delicioso sorvete e nada impede que você possa preparar seus sabores favoritos em casa.

Utensílios básicos, uma sorveteira e criatividade permitem que você faça qualquer receita de sorvete em casa. O sorvete caseiro, além de delicioso e prático, é também uma opção saudável para a sobremesa pois permite que você use ingredientes frescos, suas frutas favoritas e a quantidade que deseja de açucar, de acordo com seu paladar. Além disso, você sempre pode tentar novas receitas ou ajustar os ingredientes para dar seu toque pessoal de estilo e sabor.

Para ter o melhor sorvete caseiro:

  1. Certifique-se sempre de que seus ingredientes estejam frios quando for preparar.
  2. Use ingredientes de qualidade, principalmente se estiver usando creme de leite em sua receita.
  3. Deixe descansar antes de servir. A massa do sorvete precisa de um tempo em temperatura ambiente para ficar macia e perfeita.

Para começar, que tal uma receita básica de sorvete de baunilha? Receita para a Sorveteira Gelato Express Breville Tramontina.

Ingredientes
(rende aproximadamente 1 litro)

2 xícaras de creme de leite
1 xícara de leite
1 fava de baunilha, cortada ao meio e com as sementes raspadas ou 1 colher para chá de extrato de baunilha
5 gemas de ovo
1/2 xícara de açúcar

Modo de Preparo

Coloque o creme de leite, o leite, a fava de baunilha e as sementes em uma
panela de fundo triplo. Aqueça até que a mistura comece a ferver.

Enquanto isso, bata as gemas e o açúcar em uma tigela até que fique uma mistura clara e aerada. Remova a fava de baunilha da mistura do creme e bata lentamente o creme de leite com a mistura de ovos e açúcar.

Retorne a mistura a panela e volte a aquecer em fogo brando. Mexa constantemente com uma colher de pau até que a mistura engrosse e cubra
a parte posterior da colher.

Despeje a mistura em uma tigela, cubra-a e deixe esfriar.

Despeje a mistura na tigela para sorvete. Defina a sorveteira para a configuração desejada e bata a mistura.

Quando estiver congelado, transfira-a para um recipiente próprio para freezer e deixe-a no freezer por até 1 semana.

Sobre a Sorveteira Gelato Express Breville Tramontina

Com a Sorveteira Express em Aço Inox 12 Funções 1L da linha de Eletroportáteis Tramontina by Breville, você poderá usar toda a sua criatividade para criar sabores, unindo ingredientes e aromas diferentes para proporcionar um sorvete único de acordo com o que você deseja. Para tornar o seu uso ainda mais prático e eficiente, ela conta com conta com tampa transparente com abertura grande para acrescentar ingredientes, tigela de sorvete removível, pá removível, tornando a limpeza mais prática. Os materiais não contam com BPA. Traz 12 configurações de congelamento, LCD com retroiluminação, monitor de temperatura e tempo. Possibilita manter a temperatura gelada por até 3 horas, sendo a primeira sorveteira que detecta automaticamente o congelamento da mistura com base na sua seleção e mantém pronta até a hora de servir. A escolha certa para quem adora experimentar coisas novas.

itens para fazer sorvete

Você também vai gostar:
Sorvete Napolitano

Dicas

Aproveitando as sobras das ceias

aproveitamento das ceias

Quase sempre é comida demais e no final das ceias é preciso lidar com muitas sobras – e é aí que entra o reaproveitamento! Com ele você transforma as sobras em novos e deliciosos pratos, que te farão economizar tempo e dinheiro e podem te salvar no meio da semana de descanso.

Sobrou Assado?

Às vezes, o mais simples é o melhor. Desfie as sobras do assado e transforme-as em um delicioso sanduíche! Peru desfiado, folhas verdes (rúcula e agrião são ótimas!), um delicioso molho de mostarda e uma ciabatta fresquinha – pronto! um delicioso sanduíche de peru vai salvar o seu recesso da cozinha e te mostrar que o reaproveitamento pode te surpreender.

O lombo que sobra pode ser fatiado em cubos e virar um delicioso curry. Leve os cubos para a panela, acrescente vegetais e tempere com especiarias a seu gosto – sirva com um arroz ou cuscuz marroquino.

Sobras de pernil também viram ótimos sanduíches – desfie a carne e refogue com cebolas e pimentões. Junte pimenta dedo-de-moça picada, um punhado de coentro (ou salsa) e sirva em um pão francês – irresistível!
O pernil que sobra também pode virar recheio de tortas e salgados fritos – que tal um croquete de pernil? Processe as sobras e use no lugar da carne nas receitas de croquete.

aproveitamento da ceia

E, para finalizar o reaproveitamento das sobras de assados, que tal produzir um brunch delicioso para fechar com chave de ouro as comemorações de Natal? Fatias de tender são a base perfeita para um farto brunch. Use cubos de tender em uma caprichada omelete ou substituindo o presunto em charmoso Croque Madame. Très chic!

O tender também vira recheio de tortas suculentas – basta substituir a proteína nas receitas comuns – experimente trocar o bacon por tender na quiche lorraine – Você vai adorar!

Sobras de queijo

As tábuas de queijos são opções incríveis de aperitivos para as ceias, mas no dia seguinte pode ser que você tenha diversos pedacinhos de queijos diferentes sobrando. E agora? Transforme-os em um prato perfeito, como uma batata ou couve flor gratinada, uma quiche de queijo ou um farto Mac’n Cheese.

Lembre-se que queijos mais gordurosos derretem melhor e os mais frescos podem ser utilizados em saladas ou pastinhas para sanduíches.

Confira aqui receitas de Patês para petiscar

aproveitando panetone

Tem panetone demais por aí?

Muitas vezes dado como presente, você pode acabar ficando com algumas fatias de panetone que nem sempre se conservam bem por muito tempo. Trate-o como um brioche e use como base para um brunch impressionante – que tal rabanadas de panetone? Coloque fatias de panetone com manteiga em uma grelha até dourar e sirva finalizado com açúcar e canela – uma maravilha! O panetone também pode servir como base para outras sobremesas, como pavês, verrines ou pudim de pão.

Castanhas no ano novo?

Para mantê-las frescas o suficiente para usar por uma semana ou mais, coloque-as em um saco plástico na gaveta de salada da geladeira.
Para congelar, utilize um recipiente ou saco plástico próprio, retirando o máximo de ar  possível do saco e deixando pouca sobra de espaço no recipiente. Para descongelar, deixe em temperatura ambiente por 1 hora aproximadamente. Pode-se moer ainda congelada. A durabilidade no freezer é de 6 meses.

Além das dicas acima, vale lembrar que algumas sobras de pratos prontos podem facilmente ser congeladas e se mantém em freezer por até 3 meses.

E, por último, evite o desperdício! Um pouco de planejamento na hora das compras, da escolha do cardápio e da execução das receitas pode produzir menos sobras e mais economia.