Acompanhamentos Receitas Vegetais

Acompanhamentos – Purê

purê

Muito além do prato principal, na hora de compôr o cardápio do dia-a-dia vale a pena investir também nos acompanhamentos. Eles podem transformar um prato principal simples em uma refeição mais nutritiva e saborosa, por isso iniciamos nossa série de Acompanhamentos com um clássico: purê. Eles são praticamente uma unanimidade e podem ser preparados de diversas formas e com os mais variados ingredientes. Em versões rústicas ou mais lisinhas, acompanham bem qualquer grelhado ou assado e podem incluir nutrientes importantes em suas refeições.

As técnicas para reparar um bom purê podem variar um pouco, dependendo se você está trabalhando com uma raiz ou vegetal com amido (como batata ou abóbora), grãos como ervilha ou feijão ou um ingrediente mais esponjoso, como a berinjela. Seja qual for o ingrediente, separamos algumas dicas básicas para te ajudar na hora de preparar o purê perfeito.

Primeiro cozinhe seu ingrediente. Isso pode ser feito da maneira tradicional, em água, no vapor ou no forno. As duas últimas opções produzem purês melhores, mais saborosos e nutritivos.

CONFIRA NOSSAS OPÇÕES DE PANELAS PARA COZINHAR A VAPOR

Purês podem ser feitos no liquidificador, mixer ou processador, dependendo do ingrediente. Vegetais com amido, como batatas e algumas abóboras, ficam pegajosos quando colocados no liquidificador ou processador de alimentos. Legumes com amido como esses devem ser triturados à mão ou passados ​​por um espremedor manual.

purê de abóbora

A base de um purê quase sempre é um vegetal, uma gordura (como manteiga ou azeite) para enriquecimento e sabor e um caldo ou outro líquido (água, leite, creme de leite, etc) para consistência. Apesar da base simples, nada impede que você adicione outros sabores, como ervas frescas e especiarias ao seu purê – abóbora por exemplo fica ótima com um toque de noz moscada ralada na hora. Para acompanhamentos de pratos mais temperados, prefira os purês mais leves e menos condimentados.

CONFIRA NOSSA SELEÇÃO DE RALADORES

Muita coisa pode virar purê, mas destacamos algumas opções que são praticamente à prova de erro, além de serem excelentes opções para acompanhar proteínas: batata-doce, mandioquinha, cenoura, beterraba e couve-flor.

Purê de mandioquinha

Descasque e cozinhe a mandioquinha cortada em cubos por 20 minutos ou até ficarem macias. Passe pelo espremedor e coloque em uma panela. Junte 1 colher (sopa) de manteiga (para cerca de 500gr de mandioquinha) e 1/2 xícara (chá) de leite. Mexa e cozinhe em fogo baixo por 2 minutos. Acerte o sal e sirva a seguir.

dica: utilize o mesmo processo para purês de batata, batata doce, abóbora e cenoura.

purê beterraba

Purê de beterraba

Cozinhe 4 beterrabas grandes na panela de pressão até ficarem macias. Retire a casca, corte em pedaços e leve ao liquidificador, batendo até ficar homogêneo. Leve a beterraba batida para uma panela e junte 1/2 colher de sopa de manteiga. 1 gema de ovo batida e 30 g de queijo parmesão ralado. Misture bem e tempere com sal e pimenta do reino.

purê de couve flor

Purê de couve-flor

Corte uma couve-flor pequena em floretes e leve para uma panela com 1 1/2 xícara (chá) de água, 1 1/2 xícara (chá) de leite e uma folha de louro. Tempere com sal e cozinhe por 15 minutos ou até que a couve-flor esteja macia. Reserve1 xícara da água de cozimento e escorra o restante.
Leve a couve-flor cozida para o liquidificador e bata até ficar cremoso. Se necessário, acrescente aos poucos a água do cozimento reservada.
Acerte o sal e sirva a seguir.

dica: finalize o purê de couve-flor com parmesão ralado – fica uma delícia!

Você também vai gostar:
Chips Assados

Previous Post
19 de abril de 2021
Next Post
19 de abril de 2021

Os comentários estão desabilitados.

Related Posts

O que é banneton Como fazer bolo espiral colorido