Dicas

Pipoca cheia de bossa

pipoca

Só o cheirinho já dá a dica: não há quem resista a uma pipoca quentinha e crocante! Como aperitivo ela é imbatível – doce, salgada, apimentada… simplesmente irresistível. Só que além de gostosa, a pipoca também é nutritiva e seus benefícios para a saúde surpreendem – ela é mais rica em antioxidantes do que algumas frutas e vegetais, é uma boa fonte de fibra e é um grão integral. Isso tudo, claro, levando em conta as versões caseiras, longe dos pacotes ultra processados frequentemente carregados com muita manteiga, sal, açúcar ou produtos químicos.

Então, já que somos todos apaixonados por este grãozinho, vale ficar de olho em algumas dicas:

1.Evite pipoca de microondas
Nunca é demais repetir. A pipoca de microondas é a opção menos saudável e você ainda acaba consumindo uma quantidade muito maior do que deveria.

2. De olho nas porções
Um tamanho de porção depende do tipo de pipoca que você está comendo mas, para referência, uma xícara de pipoca comum tem cerca de 30 calorias. Mas cuidado: depois de começar a adicionar coberturas, a contagem de calorias sobe muito rapidamente.

3. Com ou sem gordura
Dá para preparar pipoca sem utilizar nenhum tipo de gordura e esta sem dúvida é a opção mais saudável. Confira aqui nossa seleção de pipoqueiras que dispensam gordura.
No entanto, se o seu preparo for o método tradicional na panela, escolha o seu óleo de cozinha com cuidado. Os óleos de oliva extra virgem, nozes ou abacate são os melhores. O óleo de canola é a próxima melhor opção. Use os óleos de palma e coco com moderação, devido ao alto teor de gordura saturada e evite óleos de milho, girassol e soja.

4. Mais sabor!
Quase todo mundo se rende a uma pipoca com bacon, mas também dá para ser criativo com coberturas mais saudáveis ​​e leves. Quer dar um upgrade na sua pipoca? Considere adicionar molho de pimenta ou queijo. Você também pode experimentar uma pitada de vinagre balsâmico ou ainda adicionar pimenta calabresa ou jalapeño. Prefira sempre especiarias e temperos e não preparados prontos.

Quer inspiração?
pipoca

Experimente outros tipos de sal como rosa ou vulcânico, ervas como alecrim e raspas de limão siciliano.

pipoca

Queijo nunca é demais! Adicione seu queijo favorito ralado ao final do preparo.

pipoca
Tempere a pipoca pronta com páprica picante, doce ou defumada ou curry em pó e aproveite uma versão deliciosamente temperada.

pipoca

Pipoca Cajun
2 1/4 colheres de chá de sal grosso
1 1/4 colher de chá de páprica
1/2 colher de chá de alho em pó
1 colher de chá de cebola em pó
1 colher de chá de pimenta do reino
1 colher de chá de orégano seco
1 colher de chá de tomilho moído
3/4 colher de chá de pimenta caiena
1/3 xícara de manteiga derretida
2-3 colheres de chá de molho de pimenta Tabasco

Em uma tigela pequena misture as especiarias para formar a mistura de tempero Cajun. Reserve.
Em uma tigela pequena, misture a manteiga derretida e o molho Tabasco. Reserve.
Despeje a pipoca estourada em uma tigela grande e regue com a manteiga e molho Tabasco. Mexa para misiurar. Polvilhe a mistura de temperos, misture bem e sirva-se!

pipoca

Chocolate derretido por cima da pipoca. Qual a chance de não ficar incrível? 🙂

 

Você Sabia?

Os americanos comem 17 bilhões de litros de pipoca por ano, o que a torna, em volume, o lanche favorito da América.
Os americanos comem mais pipoca do que qualquer outro país do mundo e a maior parte da pipoca consumida ao redor do mundo é cultivada nos Estados Unidos.
A pipoca tem mais proteína do que qualquer outro grão de cereal e também mais ferro do que ovos ou carne assada.
Os grãos de pipoca contêm uma pequena quantidade de água. Quando os grãos são aquecidos, a água se transforma em vapor e a pipoca aparece. Quando o milho é velho ou de má qualidade este processo fica prejudicado.
Não descarte os milhos que não estouram! Transforme-os em uma farinha de milho, apenas moendo os grãos ou passando-os pelo processador. Você pode utilizá-la em bolinhos e empanados.

Previous Post
30 de agosto de 2018
Next Post
30 de agosto de 2018

Os comentários estão desabilitados.

Related Posts