Dicas

Horta em casa

Muitos cozinheiros adoram a conveniência de ervas frescas em casa – quem não gostaria de ter sempre manjericão fresco à mão para preparar um bom pesto? Pensando nisso,  o que poderia ser mais prático que um jardim de ervas? Mesmo quem mora em um apartamento pequeno  sem qualquer espaço ao ar livre pode cultivar ervas dentro de casa. O lugar ideal para uma horta caseira é a cozinha, onde você pode cortar ervas frescas enquanto cozinha e tirar o maior proveito de sua aromas e sabores. Porém, se você não tem um lugar na sua cozinha ainda pode cultivar ervas em qualquer cômodo ensolarado.
As ervas são relativamente fáceis de crescer dentro de casa e são uma ótima maneira de não apenas gerar seus próprios temperos saborosos, mas também começar a construir um estilo de vida mais sustentável e focado na saúde. Há algo quase mágico em observar o ciclo de vida das plantas cultivadas em casa – você acaba prestando mais atenção à sua alimentação e ao que vai dentro do seu prato.

Encontre o melhor local

Para crescer bem dentro de casa as ervas precisam de tanta luz natural quanto possível. Coloque-os em um local ensolarado perto de uma janela onde eles terão pelo menos 4 horas de sol por dia.

Escolha o que vai cultivar

Obviamente, você vai querer escolher ervas que usa comumente. Se você é amante de massas, a salsa, o orégano e o manjericão são boas escolhas. Se você gosta de cozinhar com aves, vai gostar de ter alecrim e tomilho por perto. Há também cebolinha, sálvia, hortelã e muitos outras que vão bem, tanto em receita, quanto no preparo de chás.

Dê uma boa drenagem às ervas

Seja qual for sua escolha, as ervas aromáticas tem necessidade de regas constantes e, ainda que você não tenha tempo, pode contar com a linha Plantar de vasos autoirrigáveis <OU>. Eles possuem um sistema simples de irrigação por cordões condutores. Você coloca a água no recipiente, fecha e o sistema trabalha sozinho para irrigar suas ervas. Além disso, o sistema é totalmente anti dengue, uma vez que a água fica em compartimento fechado e não exposta aos mosquitos.

Veja como é fácil:

Hora de colher

Colher regularmente ervas aromáticas não só deixa os pratos mais perfumados e gostosos, como também ajuda a manter as plantas produtivas e saudáveis. Para saber a melhor forma de colher, observe como elas crescem.

As plantas aromáticas, no geral, crescem de duas maneiras: ou produzem folhas ao longo do caule (tomilho, hortelã, poejo, louro) ou lançam folhas/caules a partir de uma base ou coroa (cebolinho, salsa, coentros).

As plantas que produzem folhas ao longo do caule deverão ser colhidas cortando apenas a folha e não o caule. As plantas de coroa deverão ser cortadas pela base utilizando uma tesoura ou faca – tal como uma poda em pequena escala. Desta forma a plantas produzirão mais e durarão mais tempo.

Também é importante saber qual a melhor altura para colher: no caso de folhas suculentas, como o manjericão, colha antes de se terem formado flores, pois uma vez iniciado este processo, toda a energia da planta se concentrará em produzir flores e sementes, tornando as folhas duras e amargas.
(fonte: Cidade das Hortas)


Então, que tal começar agora mesmo sua hortinha em casa?

Previous Post
26 de junho de 2017
Next Post
26 de junho de 2017

Os comentários estão desabilitados.

Related Posts