Dicas Receitas Vegetais

Flor para comer

flores_comestiveis

A estação mais florida do ano chega trazendo cor, vida, alegria e… sabor. Sim! As flores comestíveis são utilizadas na gastronomia há séculos – a França medieval por exemplo utilizava em seus pratos a calêndula, enquanto na Roma antiga as rosas tinham destaque na alimentação. Parece estranho comer flor? Mas saiba que existem diversas espécies seguras para consumo e outras que você já come e nem sabia que eram flores como a alcachofra, a couve flor, o brócolis, além da deliciosa flor de abobrinha.

As flores comestíveis podem ter sabor doce, cítrico, levemente apimentado e até amargo. Algumas são consumidas na totalidade, outras parcialmente, como as pétalas de tulipa, algumas apenas em certas fases do seu desenvolvimento, como os botões de margaridas. Elas têm baixo valor calórico (cerca de 40kcal por 100g) e, assim como algumas frutas e verduras, apresentam vitaminas (principalmente A e C), além de fitoquímicos, reconhecidos pela sua atividade antioxidante e anti-inflamatória em nosso organismo. Nas pétalas, principalmente, ficam os minerais, vitaminas e compostos fitoquímicos. Ainda nas pétalas, há os flavonoides, com efeitos anti-inflamatório, antimicrobiano e antiviral. Além dos benefícios, os pratos ganham um visual incrível com flores comestíveis, que podem ir desde um simples canapé até um apetitosa salada.

Ficou animado a incluir flores na sua alimentação? Aqui vão algumas dicas:

Não coma flores que vieram de floricultura ou que foram cultivadas para serem vendidas como decoração. Também não consuma espécies que estiverem em estradas, parques urbanos ou canteiros públicos, que podem estar contaminadas com agrotóxicos e metais pesados. Claro que a poluição do ar também poderá contaminar as flores do campo, ou da sua casa mas, com certeza, o índice de contaminação será menor.

As flores, todas, são potencialmente alergênicas, então, se você é suscetível a alergias (pólen, pigmentos, bichinhos) tenha bastante cuidado. Não coma se não tiver certeza sobre a segurança do consumo.

Antes de comer flores lave-as muito bem em água para eliminar resíduos ou bichinhos que possam estar em seu interior. Lembre-se que há diferenças entre pétalas e miolo, tanto de gosto como de composição.

Para sua segurança, prefira sempre flores que você já sabe que são inócuas. Muitas flores se parecem e algumas podem ter algum tipo de toxicidade.

flores_comestiveis flores_comestiveis flores_comestiveis flores_comestiveis flores_comestiveis

Uma lista de flores comestíveis: 

Capuchinha – ótima para saladas, têm um gosto ligeiramente apimentado. As sementes podem até ser usadas para substituir pimentas tradicionais. A planta inteira é comestível.

Dente-de-Leão – para saladas e cozidos.

Lavanda – seu sabor e aroma são bastante específicos, com um leve toque cítrico e são ótimas para geleias e doces.

Hibisco – vai ao chá, ao licor e a geleia.

Rosas – todas são comestíveis e seu sabor depende da espécie, podendo ser adocicado ou amargo. Rendem ótimas geleias para acompanhar grelhados.

Amor-perfeito – tem textura aveludada e é refrescante. Boa para saladas ou aromatizar vinagres.

Calêndula – apenas as pétalas da espécie são propícias para o consumo. Boa para receitas quentes, ela tem um sabor amargo e pode substituir o açafrão.

Flor-de-mel – com aroma intenso de mel e sabor adocicado, a flor combina com sobremesas, carnes e até peixes. É branca e delicada, com folhas de sabor apimentado.

Não esqueça também das flores dos trevos, das azedinhas, das flores de manjericão, da rúcula, da cebolinha e tantas outras que passam despercebidas em nosso dia-a-dia.

flor_abobrinha

#RECEITA: FLOR DE ABOBRINHA EMPANADA

20 flores de abobrinha
2 ovos
2 colheres (sopa) de parmesão ralado fino (veja nossa seleção de raladores!)
6 colheres (sopa) de farinha de trigo
Sal e pimenta a gosto
80ml de água com gás
Óleo para fritar

Lave as flores de abobrinha com cuidado e seque-as com papel toalha.
Em um bowl bata os dois ovos, misture o queijo e a farinha. Tempere com sal e pimenta e acrescente a água com gás. O resultado deve ser uma massa grudenta.
Passe casa flor de abobrinha pela massa e frite em óleo quente, dourando todos os lados. Escorra em papel toalha e sirva em seguida.

Previous Post
26 de setembro de 2018
Next Post
26 de setembro de 2018

Os comentários estão desabilitados.

Related Posts