Dicas

Dicas para marmitas

dicas para marmitas

Desde sempre, e em condições muito diferentes, o homem transportou comida – por necessidade ou por prazer, na guerra, nos piqueniques, no trabalho ou em longas viagens. Registros mostram por exemplo que a prática japonesa de arrumar alimentos em pequenas caixas é muito antiga e teve influência chinesa do século XII, do período da dinastia Song do Sul, quando a enorme expansão urbanística na China provocou uma alteração dos hábitos alimentares. Desde então os japoneses aperfeiçoaram a prática e a transformaram em arte – os bentôs ganharam o mundo e hoje servem de inspiração para adeptos da marmita.

É certo que preparar sua própria refeição não é somente mais econômico mas também muito mais saudável. Preparar seu alimento o conecta com ele, lhe garante total liberdade de escolha e, acredite, pode ser bastante prático e prazeiroso. Na hora de montar sua marmita, algumas dicas podem ser importantes:
dicas para marmitas

1. Invista nos recipientes certos
Os recipientes adequados permitem que você transporte e aqueça suas refeições com segurança. Marmitas plásticas (livres de BPA) ou de silicone permitem que você divida as porções com facilidade. Invista em diferentes formatos e tamanhos de recipientes – para alimentos, saladas, molhos e lanches. Um squeeze, um recipiente apenas para frutas e sacos com fechamento herméticos para castanhas e frutas secas também são ótimas opções. Os potes de vidro também tem suas vantagens na hora de transportar comida – levam saladas, sopas e smoothies, são fáceis de limpar e não guardam resíduos e odores.

2. Diversidade e criatividade
Nada pode destruir mais facilmente o hábito da marmita do que uma monótona rotina alimentar. Seja criativo! Invista em molhos diferentes para as saladas e em preparos diversos para o mesmo ingrediente – que tal incluir o feijão na salada ou mudar o molho da massa? Um cardápio diário pede diversidade. Troque as folhas da salada semanalmente, invista em frutas da estação, inclua um nova especiaria ou erva fresca, alterne o cardápio e procure deixá-lo o mais variado possível.

* Confira aqui receitas de molhos para saladas

3. O que entra na marmita
Quase tudo, mas algumas receitas se comportam melhor quando re-aquecidas. Cozidos, picadinhos, almôndegas, purês e carnes com molho são boas opções. Alimentos mais secos podem sofrer mais com o reaquecimento, por isso invista em opções que possam ser servidas com um molhinho, que pode inclusive ser transportado a parte – esta é uma grande dica para massas!
Tortas e receitas frias também são ótimas opções, além de sopas e sanduíches. Saladas garantem o frescor da refeição e são perfeitas para transportar – capriche no molho! Evite alimentos gordurosos, como os que passaram por fritura em imersão por exemplo, e aqueles mais sensíveis, como peixes delicados e frutos do mar.
Lembre-se: também comemos com os olhos! Uma marmita bem arrumada também vale pontos.

*Confira aqui dicas para montar uma Salada no Pote

4. Use as sobras de forma criativa
Seu jantar pode virar um almoço incrível no dia seguinte. Sobrou frango desfiado? Que tal preparar um sanduíche? Arroz branco? Que tal incluir alguns vegetais e dar uma cara nova pra ele?
Carne de panela? Ela vira um ótimo molho para massas curtas. dicas para marmitas
5. Temperatura certa
Transportar alimento requer atenção à segurança alimentar. É importante utilizar uma bolsa térmica para conservar a temperatura e evitar que a comida estrague. Manter o alimento sempre fresco também vai influenciar o seu sabor e deixar tudo mais gostoso.

6. Se organize
Aderir a marmita não quer dizer que você tenha que cozinhar todos os dias. Mantenhas opções congeladas para quando faltar tempo – sopas, tortas e quiches e frutas são ideais. Crie um cardápio semanal e organize as compras e alguns preparos no final de semana – por exemplo, deixe todas as folhas lavadas e higienizadas. Na hora de montar a marmita é só colocar a porção no recipiente e preparar o molho.

7. Refeições tranquilas
Não é porque você aderiu a marmita que precisa comer em cinco minutos! Faça sua refeição com calma, saboreando os alimentos e não apenas se alimentando. Comer com um amigo também pode transformar a refeição em um momento ainda mais agradável. E já que você ganhou autonomia para transportar sua comida, por que não saboreá-la em um local diferente? Um sanduíche no parque quebra a rotina semanal e pode ser um ótimo momento de relaxamento também.

Agora que você já conhece alguns truques, confira nossa seleção de marmitas, potes e bolsas térmicas e se jogue neste hábito saudável.dicas para marmitas
Confira a linha de marmitas <OU>
dicas para marmitas

Previous Post
8 de Março de 2018
Next Post
8 de Março de 2018

Os comentários estão desabilitados.

Related Posts