Categoria

Principais

Principais Receitas

É tempo de Fondue

fondue

Fondue é divertido e delicioso! A palavra significa “derretido” em francês e o prato é daqueles que juntam as pessoas ao redor da mesa, sem pressa – um programa perfeito para noites frias. Aqui estão algumas dicas que vão te ajudar a preparar fondue e se divertir!

Vamos começar…

A panela

Primeiro você precisará de uma panela para fondue – ou panelas, se estiver servindo mais de um tipo. A panela para fondue tem um queimador, um suporte e geralmente acompanha os garfinhos que são usados para mergulhar o ingrediente nela.
Metal ou cerâmica? Ambos! O metal (aço inoxidável, cobre ou ferro por exemplo) é usado para carne e frutos do mar, enquanto a cerâmica funciona bem para versões de queijo e chocolate.
Os garfos de fondue são de aço inoxidável com dois dentes e possuem alças longas que geralmente são codificadas por cores, para que os convidados não as misturem. Espetos de bambu podem ser usados no lugar dos garfos. Neste caso, se estiver preparando fondue de carne ou frutos do mar, mergulhe os espetos na água por cerca de 20 minutos antes de usar, para evitar queimaduras.
E não esqueça os acessórios! Bowls são essenciais para molhos e para servir as frutas – capriche na apresentação!

Mãos a obra!

Aqueça a mistura de queijo, óleo ou caldo de carne ou a mistura de chocolate em uma panela pesada no fogão antes de cuidadosamente transferir para uma panela de fondue.
Use os garfos de fondue apenas para fins de imersão. Transfira a comida molhada ou cozida para um prato antes de comer com um garfo de mesa – não coma diretamente do garfo de fondue pois ele geralmente está bastante quente!
Capriche na seleção de molhos e acompanhamentos. Parte da diversão do fondue é personalizar cada mordida. Para a versão de queijo ofereça variedades de pão, pretzels, fatias grossas de legumes, bem como os tradicionais cubos de pão firme. Na versão com carne vale apostar na variedade: bovina, suína, cordeiro, porco, frango e frutos do mar, como camarão descascado e vieiras são ótimas opções. Não esqueça de oferecer uma boa variedade de molhos salgados, como chutneys, vinagretes e molhos à base de queijos por exemplo – geleias também funcionam bem em versões de carnes bovina e suína.
Ao servir a versão de chocolate, aposte em frutas frescas e firmes, frutas secas, nozes, marshmallows, cocos torrados, raspas de chocolate e granulado, para que os convidados possam adicionar ainda mais doçura à sua garfada.

Fondue de Queijo

1 dente de alho, dividido ao meio
Queijo a sua escolha (gruyère, cantal, raclette e emmenthal são boas opções) ralado ou cortado em pedaços médios.
2 xícaras de vinho branco seco
1 colher chá de Kirsch (opcional)
2 colheres de sopa de amido de milho
Sal e pimenta a gosto

Esfregue o interior de uma panela média com metade do dente de alho. Use a outra metade para o interior do pote de fondue. Aqueça o queijo e o vinho na panela em fogo baixo, mexendo sempre. É importante aquecer o queijo e o vinho lentamente para que não queime. Quando começar a borbulhar e engrossar levemente, misture o kirsch e o amido de milho e acrescente a mistura à panela. Mexa para combinar e deixe cozinhar, mexendo, até engrossar. Tempere com sal e pimenta e transfira para a panela de fondue em fogo baixo.

Dicas:
A adição de álcool abaixa o ponto de ebulição para que as proteínas do queijo não coagulem, mas tenha sempre cuidado para não ferver!
Aqueça as misturas de queijo lentamente para que o queijo não fique borrachudo.
Cidra espumante, suco ou champanhe podem substituir o vinho branco em receitas de fondue de queijo.
Seja qual for o queijo escolhido, lembre-se que a qualidade dele é fundamental.
Se o fondue estiver muito grosso, aumente o calor, adicione um pouco de vinho e mexa vigorosamente.
Se o fondue estiver muito fino, misture 1/2 colher de chá de farinha ou amido de milho com uma quantidade igual de vinho, adicione à panela e mexa até engrossar.
Sobra de fondue de queijo pode ser utilizada como cobertura para batatas, legumes ou ovos. Sem desperdício!

fondue_chocolate

Fondue de Chocolate

2 xícaras de creme de leite fresco
500gr de chocolate meio amargo (ou uma mistura com chocolate ao leite)
1 colher de sopa de extrato de baunilha
1 colher de sopa de conhaque

Coloque cerca de 4 centímetros de água em uma panela e deixe ferver lentamente. Coloque uma tigela em cima da panela e despeje o creme de leite e deixe esquentar. Enquanto isso, quebre ou pique o chocolate em pedaços pequenos. Quando o creme ficar quente ao toque, acrescente o chocolate e bata até ficar homogêneo. Junte a baunilha e o conhaque.
Despeje na panela de fondue e acenda o fogo do rechaud. Mantenha a chama baixa para não queimar.

Dicas:
Escolha um chocolate de qualidade – quanto melhores os ingredientes, mais notável será o seu fondue. Sempre derreta o chocolate em fogo baixo para não queimar.
Fica mais fácil administrar o ponto do chocolate se você derretê-lo primeiro no fogão e depois transferi-lo para a panela de fondue.
Mantenha água ou qualquer umidade longe do chocolate derretendo – o líquido afetará a estrutura molecular do chocolate, fazendo com que ele desenvolva uma textura granulosa.
Servindo frutas frescas para mergulhar? Passe os pedaços cortados em suco de limão para evitar a oxidação.

fondue_carne

Se animou? Então visite nossa loja online e confira todos os itens que você precisa!

Principais Receitas

#FestaJunina: Cuscuz Paulista

cuscuz_paulista

Ninguém sabe ao certo a origem do Cuscuz Paulista, mas uma coisa é incontestável: ele é delicioso e ótimo para as comemorações juninas – mas não só para elas! O prato é versátil e vai bem no dia-a-dia e até em ocasiões especiais, além de ser uma daquelas receitas que tem tradição em diversas famílias.

Independente de história, cuscuz é um prato que vale a pena pelo sabor, apresentação e até por ser um coringa, podendo ser preparado com diversos ingredientes – do camarão à sardinha, frango e até carne seca. Há quem diga que quase tudo pode ir no cuscuz. Bem, a gente não duvida mas, para não errar, deixamos aqui a versão clássica com camarões.

Ingredientes

2 ½ xícaras de farinha de milho amarela, moagem média ou grossa
½ xícara de farinha de mandioca
6 colheres de sopa de azeite
2 cebolas médias finamente picadas
1 pimentão vermelho médio, sem sementes, finamente picado
1 pimentão verde médio, sem sementes, finamente picado
1 folhas de louro
Sal e pimenta a gosto
4 dentes de alho grandes picados
2 xícaras de palmito escorrido e picado
2 xícaras de caldo de galinha
1 ¼ xícaras de molho de tomate
700gr camarão pequeno ou médio, limpo
2 xícaras de ervilhas congeladas (reserve cerca de 1/3 xícara para decoração)
½ xícara de azeitonas verdes finamente picadas
1 xícara de cebolinha finamente picada
4 ovos cozidos, cortados em 5 a 6 partes (reserve 8 fatias para decoração)
1 tomate cortado em rodelas (para decorar)
8 camarões grandes e limpos (para decorar)

Modo de Preparo

Misture as farinha de milho e de mandioca. Reserve.

Coloque uma panela grande em fogo médio-alto e adicione o azeite. Uma vez que o óleo esteja quente, adicione as cebolas, o pimentão vermelho, o pimentão verde e a folha de louro. Cozinhe, mexendo ocasionalmente, até que os vegetais estejam macios; cerca de 5 minutos. Adicione o alho e cozinhe por mais um minuto. Adicione palmito, caldo de galinha e molho de tomate. Coloque em fogo baixo.

Tempere o camarão com sal e pimenta. Adicione-o ao molho com as ervilhas. Deixe cozinhar por 5 minutos. Remova a folha de louro.Reduza o fogo para médio-baixo. Adicione as azeitonas verdes, a cebolinha e os ovos.

Adicione a mistura de farinha à panela, mexendo sempre até ficar bem misturado (a massa deve estar úmida e macia). Continue mexendo em fogo médio-baixo até que a massa esteja cozida, cerca de 4 a 5 minutos. Adicione mais sal, se necessário.

Prepare o camarão para decoração. Tempere-os com sal e pimenta, aqueça uma grelha e grelhe os camarões por 3 minutos, ou até que eles fiquem rosados. Retire do fogo e reserve.

Unte levemente e as laterais de uma forma para bolo (com buraco no meio). Coloque cuidadosamente as ervilhas, as rodelas de ovo, de tomate e o camarão grande no fundo e nas laterais da panela. Usando uma colher, espalhe cuidadosamente pequenas quantidades da mistura na forma. Suavemente pressione a massa para preencher todos os espaços, com cuidado para não remover a decoração das laterais. Uma vez que a forma estiver cheia, pressione a massa suavemente mais uma vez e cubra com papel de alumínio. Reserve e desenforme com cuidado na hora de servir.

Dica para variar
No lugar dos camarões, filés de sardinha em conserva, carne seca cozida e desfiada ou frango cozido desfiado.

Dica para servir
Para uma data festiva, as porções individuais são uma ótima opção. Neste caso, use forminhas de empada ou cupcake para moldá-los – fica uma graça!

Quer dicas para preparar uma Festa Junina? Confira aqui.

Principais Receitas

Cardápio para o Dia dos Namorados

cardapio_namorados

Cozinhar juntos é uma delícia, nós sabemos, mas também tem aquele dia em que tudo que a gente quer é uma receita prática, gostosa e que seja perfeita para uma ocasião especial, como o Dia dos Namorados. Então, que tal um cardápio leve, moderno e que vai te tirar da cozinha e da mesa posta? Selecionamos seis receitas para um jantar que tem tudo para ser inesquecível – esqueça os pratos e até a mesa (que tal comer juntinhos no sofá?) e aposte nos itens que você tem em casa, como xícaras, copinhos, taças e entre no clima.salada_caprese
Ramekin de porcelana Actualite Corona 9 x 5 cm – 21875
Ramekin de cerâmica Le Creuset vermelho 200 ml – 17542
Ramekin Jomafe Gourmet Cerâmica Preto 14CM – 32711

Salada Caprese

3 tomates maduros cortados em fatias grossas
1 xícara de mussarela de búfala
1 punhado manjericão fresco
Azeite extra-virgem
Sal e pimenta a gosto

Misture todos os ingredientes e sirva nos ramekins.
dica: para adicionar mais camadas de sabor, acrescente frango grelhado cortado em cubos e folhas de sua preferência.

salada_citrica

Taça para Sorvete Kig Glassware Vidro 205ML 6PÇS – 30114
Bowl de sobremesa Zwilling com parede dupla 2PÇS 280mL – 21443
Taça de vidro para sobremesa Vega Bohemia 6PÇS 330mL – 13352

Salada Cítrica

1 xícara de uvas vermelhas sem sementes cortadas ao meio
2 xícaras de folhas verdes de sua preferência
1 laranja Bahia descascada e fatiada
nozes tostadas
Sal e pimenta a gosto
Azeite extra virgem
1 colher (sopa) vinagre balsâmico

Misture todos os ingredientes e sirva nas taças de sobremesa.
dica: use folhas como radicchio, agrião e rúcula, que tem sabores mais acentuados
gaspacho

Caneca de vidro Sterling Luminarc 220mL – 21508
Caneca de vidro para cappuccino Crisa 142mL – 23370
Caneca Little Mug Vidro 110ML – 29749

Gaspacho

400gr de tomates maduros, picados
1 pimenta dedo-de-moça sem sementes picada
1 pepino pequeno sem casca em cubos
1 cebola roxa pequena, descascada
2 dentes de alho
1/3 xícara de azeite
3 colheres (sopa) de vinagre de vinho tinto
Sal e pimenta a gosto

Adicione os tomates picados, a pimenta, o pepino, a cebola roxa e alho em um processador de alimentos ou liquidificador. Bata até ficar homogêneo, cerca de 2 minutos, raspando os lados conforme necessário com uma espátula. Enquanto o processador estiver em funcionamento, acrescente o vinagre de vinho tinto e o azeite e continue misturando até ficar homogêneo.
Prove e tempere com sal e pimenta. Sirva imediatamente à temperatura ambiente ou transfira-o para um recipiente e leve à geladeira, coberto, até que esteja pronto para servir.

dica: sirva com tomate e pimentões tostados cortados em cubos e manjericão fresco.

ceviche_camarao
Taça para Martini Bohemia Vidro 6PÇS 280ML – 106208
Taça para Margarita Cristal Stolzle 340ml 6PÇS – 27955
Taça para Coquetel Bohemia Vidro 4PÇS 340ML – 22592

Ceviche de camarão

400gr de camarão limpo
1 cebola roxa pequena descascada e picada
1/2 pimentão verde picado
1 tomate maduro picado em cubinhos
1/2 xícara de suco de limão
1/2 xícara de suco de laranja
1/4 de xícara de coentro picado (ou a gosto)
sal e pimenta a gosto

Modo de preparo:

Cozinhe o camarão em água fervente por 2 a 3 minutos, até que ele fique rosado. Reserve 1/3 xícara do caldo separadamente e deixar esfriar.
Misture o camarão com a cebola, o pimentão, o tomate e o suco de limão e de laranja. Adicione o caldo do camarão reservado. Misture e tempere com sal e pimenta.
Deixe tampado na geladeira por 30 minutos. Junte o coentro picado e distribua nas taças.

sopa_morangos
Copo Baixo de Vidro Luminarc Surloire 360ML 6PÇS – 28606
Copo Americano Rocks Vidro 300ML 6PÇS – 32649
Copo Oca Rocks 330ML 6PÇS – 32662

Sopa de Morangos

200 gramas de morangos lavados
150ml vinho branco doce
1 colher (sopa) de açúcar
1 colher (sopa) de amido de milho
1 pedaço de canela em pau
1 anis-estrelado
2 cravos-da-índia
2 morango para decorar

Lave bem os morangos e retire os cabinhos.
No copo do liquidificador, bata o morango, o vinho, o açúcar e o amido de milho.
Coloque a mistura em uma panela pequena, acrescente a canela, o anis-estrelado e o cravo.
Deixe cozinhar até engrossar levemente.
Espere esfriar e retire os cravos, a canela e o anis.
Sirva gelada e decore com morangos chantilly e pistache.verrine_ricota

Pote Bormioli Rocco Fido Hermético Vidro 200ML – 16603
Pote Quattro Stagioni Bormioli Rocco Vidro 250ML – 16602

Verrine de Ricota, Café e Kiwi

2 xícaras ricota fresca
1/4 xícara café ou café espresso
1/3 xícara de açucar
1 kiwi descascado cortado em cubinhos

Amasse a ricota em uma tigela até que fique macia. Adicione açúcar e misture bem. Prove e ajuste o açúcar, se necessário.
Distribua a ricota nos potinhos, espalhe um pouco do café em cada um dos potes leve à geladeira por 1 hora.
Na hora de servir cubra com o kiwi picado.

Para começar…

… ou até mesmo para fugir do jantar, aposte em uma tábua de embutidos e queijos acompanhada de um bom vinho.
Complemente com frutas frescas e secas, como figos e damascos, além de castanhas.

Clique aqui para ver nossa seleção de tábuas.

Principais Receitas

Brandade de Bacalhau

brandade_bacalhau

Brandade é um daqueles pratos únicos, super fáceis de fazer e com resultado incrível – quem prepara uma vez, dificilmente não vira fã do prato. A receita é antiga e consta em livros de culinária franceses que datam de 1830 e o nome brandade vem do verbo “brandar”, que, em dialeto provençal, significa “misturar”. A receita pode ser antiga, mas tem até truque para deixar o preparo super prático e moderno!

Aqui a estrela é o bacalhau que, misturado a outros ingredientes, vira uma espécie de mousse super saboroso. A facilidade do preparo também conquista e é uma ótima opção para receber em um jantar ou almoço em família. Vamos começar?

Prepare o Bacalhau

O bacalhau é, como sabemos, incrivelmente salgado. O primeiro passo é deixá-lo de molho o tempo suficiente para liberar o sal e devolver a sua maciez. Este talvez seja o grande inconveniente do bacalhau, porque ele realmente precisa de um longo período de imersão e, portanto, requer um pouco de planejamento prévio. É possível acelerar um pouco o processo garantindo diversas trocas de água em um espaço de tempo menor, mas o ideal é deixar de molho em água pelo menos de um dia para o outro, mudando a água várias vezes.

Uma vez que o bacalhau esteja dessalgado, é hora de cozinhá-lo – e isso deve ser uma coisa rápida. O bacalhau não precisa de longos cozimentos, pelo contrário. Basta encher uma panela com água suficiente para cobri=lo, adicionar alguns aromáticos como tomilho, alho e uma folha de louro, e deixar ferver por cerca de 10 minutos. Em seguida, retire-o do fogo e deixe repousar. O processo de cozimento também pode ser feito com leite no lugar da água – há quem garanta que o peixe fica mais macio.

Quando a água amornar, escorra o bacalhau, reserve o alho cozido e em seguida desfie o peixe em pedaços pequenos. Remova todos os ossos e descarte as membranas prateadas. Se este trabalho parece um pouco chato, aqui vai um truque: use a batedeira com o batedor plano e em baixa velocidade. Isso vai fazer o peixe desfiar em lascas sem no entanto esmagá-lo demais, como ficaria em um processador por exemplo (o truque também vale para desfiar frango!). Reserve o bacalhau desfiado.

Batatas

Nesta receita, a batata corta a intensidade do sabor do bacalhau, o que pode ser bom para quem quer um prato de sabor mais suave. Ela atua também na textura da receita e aumenta sua quantidade.

As batatas devem ser assadas ou cozidas e depois passadas pelo espremedor, para obter o resultado de um purê. Se você as ferver, lembre-se de não salgar a água do cozimento – pode ser difícil saber quão salgado está o bacalhau mesmo depois de ter sido dessalgado e hidratado. Deixe para adicionar sal mais tarde, se precisar.

Finalizando

Depois que bacalhau e batata estão juntos e temperados você já tem o prato pronto! Essa mistura já pode ser servida por exemplo com torradinhas e pães. Coloque a mistura em bowls, regue com salsa e azeite e sirva. Mas você também pode finalizar a brandade no forno, o que garante uma crostinha dourada – a escolha é sua! Se escolher levar ao forno, isso pode ser feito em uma travessa grande ou em porções individuais, em ramekins ou mini cocottes – fica um charme!

Ingredientes

500gr lombo de bacalhau
2 dentes de alho
2 xícaras de leite
Tomilho
Folhas de louro
Alecrim
1 xícara de azeite extra virgem
200gr de purê de batata
1 xícara de creme de leite
1 colher de sopa de cebolinha francesa picada
Gotas de limão siciliano
Sal e pimenta a gosto

Modo de Preparo

Em uma panela coloque o leite com dois dentes de alho, o tomilho, as folhas de louro, o alecrim e o bacalhau. Cozinhe por 10 minutos.
Desfie o bacalhau (veja o truque que ensinamos acima!) e reserve o alho.
Em uma tigela coloque o bacalhau desfiado, acrescente o purê de batatas e o alho do cozimento, picado em pedaços pequenos. Junte o azeite, o creme de leite, a cebolinha francesa, pimenta e gotas de limão. Misture bem, prove e acerte o sal.

Coloque a mistura em uma travessa refratária untada com azeite (ou em porções individuais), nivele e leve ao forno pré aquecido até dourar ligeiramente. Sirva quente.

+ veja também:
A chef Bel Coelho ensinou em uma aula na Utilplast a preparara Brandade de Pirarucu. Confira a receita aqui.

Você Sabia?
O famoso escritor francês Alphonse Daudet chegou a fundar “Os jantares da brandade”, em Paris, num café na Place de l’Odéon. A divulgação dos mesmos dizia que os jantares custavam 6 francos e incluíam “uma brandade e dois discursos”.

Quer conferir nossa seleção de Páscoa? Clique aqui!

Dicas Principais Receitas

Gratina!

gratinado

Se palavras como cremoso, crocante e borbulhante te deixam com água na boca, então provavelmente você é ou vai virar fã do gratinado, a técnica francesa que deixa o prato saboroso e suculento. Simplificando, um gratinado é um prato com uma crosta dourada no topo, geralmente envolvendo queijo e pão ralado. O termo vem do francês gratiner, algo como grelhar.

Esta deliciosa cobertura dourada pode ser obtida de diversas formas – a parte superior do prato pode ser generosamente polvilhada com pão ralado, queijo, ou envolvida em molho branco cremoso (adicionar ovos ao molho deixa a textura ainda mais gostosa!). O gratinado, além de saboroso é prático e geralmente consumido como prato único e montado na própria travessa que vai do forno à mesa – seja em uma travessa para toda a família ou em porções individuais, utilizando ramekins e cocottes. A praticidade também fica por conta do tempo, já que um gratinado pode facilmente ser montado com antecedência, até mesmo na véspera, indo ao forno momentos antes de servir.

gratinado

O que gratinar?

Os gratinados de legumes são um excelente acompanhamento para um filé de frango ou um assado. A batata gratinada é a primeira que vem à cabeça (confira aqui uma receita!) mas muitos outros vegetais são adequados para gratinados, como alho-poró, erva-doce, cebola, tomate, abobrinha, berinjela, couve-flor, espinafre, abóbora. Uma boa ideia é fatiar os legumes finamente e organizá-los em camadas em sua travessa. Entre cada camada, um pouco de sal e pimenta, manteiga e molho branco. Ao final, uma cobertura de queijo ou pão ralado e forno!

Mas nem só de vegetais vive o gratinado. Frango desfiado com brócolis e molho de queijo, finalizado com muito parmesão ralado formam um prato delicioso e úmido. Vegetais com carne desfiiada rendem saborosos gratinados e podem ser finalizados com farinha de pão e manteiga, para uma camada crocante. Massas em geral com molho de tomate podem ser gratinadas com uma generosa camada de parmesão – apenas maravilhoso! E o clássico Mac and Cheese – macarrão e queijo gratinado, tão simples e perfeito. Experimente também moussaka grega com berinjela e carne moída (cordeiro é o ideal) com uma camada superior de molho béchamel que ganha no forno um lindo bronzeado.

gratinado

gratinado

Qual queijo utilizar?

Os queijos macios são os mais indicados, pois derretem com facilidade e mantém a textura. Mussarela, emmenthal, gruyére e meia-cura são escolhas certeiras. Parmesão, apesar de mais duro, também é muito utilizado – neste caso, rale-o na hora de usar para manter um pouco a umidade. Convém ainda evitar o queijo branco que, apesar de mais leve, ganha textura “borrachenta” quando vai ao forno.

gratinado

Montagem

Na hora de montar seu prato gratinado garanta que ele receba bastante molho – isso evita o ressecamento provocado pelo forno, que deve estar pré-aquecido.

Prefira travessas de vidro e cerâmica, que retém bem o calor. Certifique-se de deixar um espaço na borda superior para evitar derramamento quando o líquido e o queijo começarem a borbulhar – esse é o ponto do gratinado!

Dica:
Se o gratinado estiver quente e borbulhante no forno, mas o topo ainda não estiver dourado, você pode finalizar com um maçarico.

couve flor gratinada

#RECEITA | COUVE FLOR GRATINADA

Ingredientes

1 couve-flor de média cortada em floretes (também pode ser brócolis ou metade de cada)
2 colheres de chá de manteiga
1/3 xícara de farinha Panko (para empanados)
1/2 xícara de queijo Gruyère picado
1/2 xícara de cebola finamente picada
1 dente de alho picado
3 colheres de sopa de farinha de trigo
2 xícaras de leite
3 colheres de sopa de salsinha picada
Noz moscada ralada, sal e pimenta a gosto

Modo de Preparo

Preaqueça o forno em temperatura média. Disponha a couve-flor em uma travessa ligeiramente untada com azeite ou manteiga. Tempere com sal e pimenta e asse por 20 minutos ou até que esteja macia mas al dente.
Em uma panela coloque a manteiga e doure rapidamente o alho. Adicione a cebola e cozinhe até ficar transparente. Junte a farinha de trigo e cozinhe por 3 minutos. Adicione o leite aos poucos, batendo sem parar com um fouet. Tempere com noz moscada ralada, sal e pimenta e cozinhe até levantar fervura e começar a engrossar. Junte 1/2 do queijo ralado e mexa bem. Desligue o fogo.
Cubra a couve flor com o molho, finalize com o restante do queijo e a farinha Panko. Leve ao forno até borbulhar e dourar.

Principais Receitas Vegetais

#Copa2018 Suiça – Batata Rösti

receita de batata rosti

O primeiro adversário do Brasil na Copa do Mundo 2018 será a Suiça (dia 17/06) e é de lá, mais precisamente do Cantão da Berna (a parte alemã da Suiça), que vem a Batata Rösti.
A palavra Rösti significa fina e crocante e define perfeitamente o prato – pequenos fios de batatas juntos que formam ao final uma crocante superfície e um interior macio. Irresistítivel.

Por aqui o prato chegou por meio de imigrantes que se instalaram na primeira colônia suíça em solo brasileiro e, como era de ser esperar, ganhou diversas versões mais abrasileirada. A receita original no entanto requer basicamente apenas dois ingredientes: batata e manteiga. Os sabores extras são opcionais – cogumelos, toucinho e queijos são os que garantem grandes combinações de sabores.

Dicas:
Na hora de escolher as batatas prefira as mais firmes, as do tipo holandesa são as mais indicadas.
Pré cozinhar as batatas no dia anterior garante ainda mais crocância ao prato.
Utilizar uma frigideira de ferro com fundo grosso faz toda diferença! Ela cozinha de maneira uniforme e sem queimar.

Ingredientes

5 batatas de tamanho médio com casca
25g de manteiga
1 colher de sobremesa de óleo vegetal
Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo

Na véspera cozinhe a batata com casca por 15 minutos e deixe esfriar fora da geladeira de um dia para o outro.  Descasque e rale grosso no ralador (veja nossa seleção de raladores!).
Tempere com sal e pimenta a gosto.
Esquente uma frigideira de fundo grosso e coloque a manteiga para derreter junto com o óleo. Quando estiver bem quente adicione as batatas e as espalhe bem pela frigideira. Quando começar a dourar embaixo, com a ajuda de um prato vire-a para cozinhar o outro lado. Todo o cozimento deve levar cerca de 15 minutos (7,5 minutos para cada lado). Sirva em seguida.

Acontece Entradas Principais Receitas Saladas

Evento Body & Soul Iguatemi – Utilplast by Le Creuset

evento le creuset

Aconteceu no dia 27/03 a aula Utilplast by Le Creuset com a chef Bel Coelho no espaço Lounge One do Shopping Iguatemi. O encontro cheio de receitas deliciosas fez parte da programação do evento Body & Soul da rede Iguatemi e contou com a participação de clientes e seguidores Utilplast.

As receitas ensinadas pela chef e degustadas pelos participantes foram:

SALADA VERMELHA

Para 6 pessoas

INGREDIENTES

• 200 g de beterraba
• 200 g de tomate sweet grape, picado em quatro
• 80 ml de suco da melancia
• 100 ml de azeite extra virgem
• 60 ml de vinagre de maçã orgânico ou balsâmico
• 20 ml de gengibre, suco
• 100 g queijo feta ou de cabra, cortado em cubos
• 80 g baru sem casca ou amêndoas
• Folhas frescas de manjericão anão a gosto
• Botão de manjericão a gosto
• Sal a gosto
• Pimenta do reino a gosto

MODO DE PREPARO

• Descasque a beterraba e corte-a em cubos de um 1 cm. Tempere-a com sal, pimenta, um pouco de azeite e asse embrulhada em papel alumínio, em forno médio por 20 minutos ou até que fiquem macias. Deixe esfriar.
• Faça um vinagrete com o suco de melancia, gengibre, vinagre de azeite.
• Misture todos os ingredientes e tempere a salada a gosto. Sirva em taças de vidro ou cristal.

BRANDADE DE PIRARUCU, AR DE TUCUPI, AZEITE DE JAMBU E COUVE CROCANTE

Para 6 pessoas

INGREDIENTES
Para a o azeite de jambu e crocante de couve

• 150 ml de óleo de girassol
• 1 maço de couve sem o caule fatiada fininha
(o caule pode usado para sopas e caldos)
• 100 ml de azeite extra virgem
• Meio maço de jambu

Para o ar de tucupi

• 200 ml de tucupi
• 10 g de lecitina de soja
• Sal e pimenta a gosto

Para a brandade

• 300 g de pirarucu seco e já dessalgado
• 100 g de cebola fatiada
• 100 g de alho poró fatiado
• 300 g de mandioca descascada e ralada
• 2 folhas de louro
• Azeite extra virgem
• Sal e pimenta a gosto
• Salsinha picada a gosto

MODO DE PREPARO

Azeite de Jambu e crocante de couve

• Frite as folhas de jambu em óleo de girassol quente e seque-as em papel toalha.
• Frite a couve até que esteja crocante e seque-a. Bata 1/2 da quantidade de couve com o jambu e o azeite extra virgem e coe esse azeite. Reserve o azeite.
• Tempere o restante da couve a gosto

Ar de tucupi

• Ferva o tucupi e reduza-o a 2/3 do volume original. Adicione a lecitina e temperos e bata o líquido com um hand mixer até obter uma espuma.

Brandade

• Cozinhe o pirarucu em água e fogo brando por 15 minutos. Faça lascas do bacalhau e reserve o líquido do cozimento. Em panela antiaderente sue a cebola e alho poró com as folhas de louro. Adicione a mandioca ralada e deixe refogando até amolecer a mandioca.
• Acrescente caldo do cozimento do peixe sempre que necessário.
• Adicione as lascas de pirarucu e continue refogando. Ao final, quando a mandioca estive quase com um aspecto de purê, adicione o azeite e tempero. Sirva uma colher de sopa por pessoa com a couve crocante, azeite de jambu, ar de tucupi e uma flor de jambu.

evento le creuset
TARTARE DE ABACAXI COM TAPIOCA E COCO BRULÉE E BABA DE MOÇA

Para 4 pessoas

INGREDIENTES

Para o tartare

• 2 xícaras de abacaxi em cubos bem pequenos
• 1 xícara de tapioca
• 3 colheres de sopa de coco ralado
• 3 colheres de sopa de açúcar
• 2 xícaras de leite
• 1 xícara de leite de coco
• Açúcar para queimar
• Folhas e flores de manjericão para decorar
• Flores comestíveis para decorar

Para a baba-de-moça

• 2 xícaras de leite de coco
• 6 gemas
• 3/4 xícaras açúcar
• 1/2 xicara de água

MODO DE PREPARO

Tartate de abacaxi

• Hidrate a tapioca com o leite de coco e o leite fervidos e misture com o coco ralado.
• Adoce a tapioca com as três colheres de açúcar.
• Para a montagem do tartare, utilize um aro de cerca de 6 cm de diâmetro. Coloque uma camada de abacaxi de 3 cm, outra de tapioca de 1 cm.
• Retire o aro, polvilhe o tartare com o açúcar e queime a superfície com um maçarico.
• Coloque a baba-de-moça em volta e decore com as flores e folhas de manjericão.
Se não tiver maçarico, não use o açúcar para queimar.

Baba de moça

• Coloque o açúcar e a água em uma panela e leve ao fogo alto mexendo por um minuto.
• Deixe por mais cinco minutos em fogo médio até obter uma calda espessa.
• Peneire as gemas e misture-as com o leite de coco.
• Coloque um pouco da calda de açúcar no leite de coco com as gemas. Depois, coloque tudo mexendo sempre.
• Volte a mistura ao fogo lento, mexendo sempre, sem deixar ferver até engrossar um pouco.
• Retire a baba, deixe-a esfriar e utilize-a como necessário.

Quer participar das aulas e eventos Utilplast? Acompanhe nossos perfis nas redes sociais.

brunch Ovos Principais Receitas

Frittata de Salmão Defumado

Frittata de salmão

As frittatas italianas são semelhantes a uma omelete, normalmente preparadas com diferentes ingredientes como carnelegumesqueijoscogumelos, etc. Seu preparo também lembra as fritadas espanholas, com a diferença que a versão espanhola tem como base ovos e batatas, enquanto que a frittata tem apenas ovos como base.
As frittatas são versáteis, surpreendentes no sabor e fáceis de fazer. Elas também viram uma ótima opção para o brunch ou para um prato único, acompanhado de salada verde.

Essa versão leva salmão defumado, que pode ser substituído por diversos ingredientes como embutidos, cogumelos, camarão. A base pode ser sempre a mesma e a variação fica por conta da sua criatividade.

Dica: utilize uma frigideira grande, de preferência de ferro, que possa ir ao forno. O modelo da foto é a Skillet da Le Creuset, que você pode encontrar clicando aqui.

INGREDIENTES

12 ovos
250 ml de leite
Sal e pimenta
30g de dill fresco picado
100g de salmão defumado
125gr de creme de ricota ou nata

MODO DE PREPARO

Em um bowl coloque os ovos e o leite, tempere bem com sal e pimenta e misture bem com um garfo.
Adicione ¾ do dill picado à mistura de ovos.
Despeje metade da mistura de ovos em uma frigideira grande e coloque no forno por 10 minutos ou até que a mistura esteja começando a firmar.
Retire do forno e coloque o salmão e colheradas do creme de ricota por cima. Cubra com a mistura de ovos restante e coloque no forno até ficar dourado.
Decore com o dill restante e sirva quente.

Carnes Principais Receitas

Goulash

O Goulash é um ensopado de carne de origem húngara. É um prato que remonta ao século IX, antes da fundação do Estado húngaro, e tem a origem de seu nome nos guardadores de vacas magiares (gulyas).
Apesar da origem húngara, ele também é muitíssimo popular na culinária alemã e seu preparo é perfeito para noites de inverno.

INGREDIENTES

1 kg de coxão duro cortado em cubos de 3cm
50gr de manteiga
3 cebolas cortadas em cubos
3 dentes de alho amassados
2 batatas em cubos grandes
1 pimentão vermelho em cubos
6 tomates maduros em cubos, sem sementes
1 colher de sopa de páprica picante
1 colher de chá de pimenta caiena (opcional)
Sal e pimenta a gosto
2 litros de caldo de carne
Farinha de trigo

MODO DE PREPARO

Prepare a carne limpa de gorduras e cortada em cubos com sal, pimenta e um pouco de farinha de trigo. Reserve.
Aqueça a manteiga em uma panela de fundo grosso, quando derreter acrescente a carne e deixe dourar alguns minutos em fogo alto, mexendo para que doure por igual. Uma vez dourada, retire da panela e transfira para uma tigela, cobrindo para manter os sucos da carne. Reserve.
Na mesma panela, refogue a cebola  e o alho em fogo médio, até ficarem macios. Adicione o pimentão, o tomate e o caldo de carne. Aqueça e acrescente a carne com o suco que soltou, a páprica picante e a pimenta vermelha.
Acerte o sal, tampe e deixe cozinhar em fogo baixo por aproximadamente 2 horas ou até que a carne esteja macia. Adicione mais água ou caldo se necessário durante o cozimento.
Quando a carne estiver macia, junte as batatas, mexa e deixe cozinhar até que elas estejam macias. Deixe o molho reduzir, Desligue o fogo e sirva quente.

O Goulash húngaro é servido como prato principal, acompanhado de pão.

Principais Receitas

ESPAGUETE DE ABOBRINHA

receita espaguete abobrinha

Uma das práticas para manter uma alimentação saudável e equilibrada é investir na criatividade e transformar ingredientes simples em receitas diferentes e saborosas. Foi-se o tempo em que os vegetais e legumes apareciam apenas em refogados e saladas. Hoje, graças ao grande número de utensílios e cortadores super práticos existentes no mercado, eles viraram protagonistas de grandes receitas.
Uma boa ideia para variar o cardápio do dia a dia é fazer substituições simples, que resultam em pratos saborosos e que fogem da rotina, como por exemplo substituir a massa por abobrinha, berinjela ou cenoura. Esses ingredientes rendem deliciosos espaguetes e talharines e também podem virar base para lasanhas, rondellis e canelones.
Utilize um cortador espiral ou mesmo um apontador de legumes e prepare essa incrível receita de espaguete de abobrinha.

INGREDIENTES

1kg de abobrinha
cebola roxa picada
colher (sopa) de alho picado
kg de tomate italiano sem pele cortado em cubos
Bouquet garni (tomilho, louro e alecrim)
Sal a gosto
Açúcar a gosto
Pimenta-do-reino moída a gosto
1fio de azeite
200g de tomate cereja
30g de manjericão
Queijo Coalho ralado

MODO DE PREPARO

Passe as abobrinhas por um cortador de legumes em tiras finas para que fiquem no formato de espaguete e reserve.
Numa panela em fogo médio refogue 1 cebola roxa picada com 1 colher (sopa) de alho picado sem deixar dourar.
Adicione 1 kg de tomate italiano sem pele cortado em cubos, o bouquet garni e deixe reduzir o excesso de água, até formar um molho (concassé de tomate).
Acerte o tempero com sal, açúcar e pimenta-do-reino moída a gosto. Apague o fogo e reserve.
Numa frigideira aqueça 1 fio de azeite e acrescente 200 g de tomate cereja e 30 g de manjericão.
Adicione o molho, o espaguete de abobrinha, misture.
Apague o fogo e sirva em seguida em um prato, finalizando com queijo coalho ralado, folhas de manjericão e azeite a gosto.