Categoria

Drinks e Coquetéis

brunch Drinks e Coquetéis Receitas

Clericot de Alecrim

clericot

Uma bebida refrescante com a cara da nova estação e uma ótima sugestão para receber a família e os amigos em um almoço ou brunch em dias quentes.

O clericot tem origem francesa, mas há uma versão que diz que a bebida pode ter sido inventada por ingleses que moravam em Punjab, na Índia, para amenizar o calor. O fato é que, hoje, o clericot é praticamente uma bebida típica da Argentina e Uruguai – mais precisamente da cidade de Punta Del Este. Seu preparo é super fácil e o resultado final, além de saboroso e refrescante, é lindo. Use e abuse de jarras e suqueiras para servir!

Ingredientes

Para a calda de alecrim
1 xícara de açucar
1 xícara de água
3 vagens de cardamomo
1 ramo de raminhos de alecrim fresco

Clericot
4 xícaras de vinho branco ou espumante brut (para versão não alcóolica use suco de uva branca)
1 1/2 xícaras de cubos de gelo
1/2 xícara de água com gás
1/4 xícara de xarope de alecrim
1/4 xícara de calda de lichia (pode substituir por cerejas em calda)
6 uvas cortadas ao meio
5 morangos fatiados
4 lichias em calda, cortadas ao meio (se estiver usando cereja, use 1/2 xícara)
1 maçã fatiada
1 laranja em gomos
Fatias de laranja, para guarnecer
Raminhos de alecrim, para guarnecer

Modo de Preparo

Calda de Alecrim
Dissolva o açúcar na água em uma panela média, junte as vagens de cardamomo e os ramos de alecrim e deixe ferver por 20 minutos. Passe por uma peneira fina e deixe esfriar.

Clericot
Junte as frutas, o vinho ou espumante (ou suco de uva branca), 1/4 xícara da calda de alecrim e a calda da lichia em uma jarra grande e reserve por pelo menos 10 minutos. Adicione a água com gás e os cubos de gelo. Mexa e sirva.

* A receita da calda de alecrim rende 1/2 xícara, enquanto apenas 1/4 xícara é necessária para fazer uma receita de Clericot. Sirva a calda também com frutas assadas ou sorvete e para regar bolos a base de frutas cítricas, como laranja e limão.

Confira nossa seleção de jarras e suqueiras.

Drinks e Coquetéis Receitas

Martini de abóbora

martini_abobora

Este martini é um drink perfeito para celebrar o Halloween, a festa americana que pode ser tema de uma divertida reunião entre amigos ou mesmo de animados aniversários no final do mês de outubro.
Adeptos ou não da festa vão adorar o drink que tem a abóbora como estrela e surpreende no sabor.

Ingredientes

1 colher de sopa de purê de abóbora
50 ml de vodka
1/4 xícara de suco de laranja fresco
caramelo (opcional)
sal vulcânico (opcional)
gelo
pitada de canela e noz-moscada para finalizar (opcional)

Modo de preparo

Para fazer o purê de abóbora: 1) asse um pedaço de abóbora embrulhada em papel alumínio e amasse a polpa quando estiver macia ou 2) cozinhe cubos de abóbora em pouca água, escorra e amasse.
Misture todos os ingredientes, exceto caramelo e sal, em uma coqueteleira e agite até que suas mãos estejam frias.
Mergulhe a borda da taça de martini no caramelo derretido (e frio) e, em seguida, no sal vulcânico.
Passe a mistura da coqueteleira por um coador de gelo direto na taça preparada.
Sirva em seguida.

CONFIRA NOSSA SELEÇÃO DE ITENS PARA O SEU BAR.

Drinks e Coquetéis Receitas

Gin Tônica, um clássico estiloso

gin tonica

Se você é fã do clássico drink Gin Tônica, carinhosamente conhecido como G&T, agradeça aos soldados ingleses. Foram eles que, para evitar a malária nas tropas em terras indianas e driblar o gosto amargo, começaram a adicionar gin, limão e açúcar ao quinino, a água tônica que conhecemos hoje. Nascia então o drink que é sucesso no mundo todo.

Refrescante e com baixas calorias, o drink ganhou a mesa dos bares e corredores do Palácio de Buckingham. De sabor seco, tem o gin como base e permite inúmeras variações em seu preparo. O Gin é um destilado transparente a base de cereais tais como milho, centeio, cevada e trigo, que então é destilado uma segunda vez com uma especiaria pouco conhecida por aqui, o zimbro, que confere seu aroma e sabor peculiar à bebida.

A receita básica para preparar um clássico G&T leva 60 ml de Gin, 120 ml de água tônica e 1 ou 2 rodelas de limão. Basta completar um copo ou taça com gelo, adicionar o gin, completar com a tônica e espremer um squeeze de limão.
Para complementar o drink e dar um toque diferente, alguns ingredientes podem ser acrescentados, tais como canela, alecrim, anis estrelado, framboesa, casca de laranja, gengibre… basta usar a criatividade. Já para a decoração (garnish) do drink aposte em rodelas de limão, fatias de pepino e zimbro.

gin tonica

Quer encontrar os utensílios para preparar um delicioso Gin Tônica e para servir com estilo? Clique aqui e confira nossa seleção.

Drinks e Coquetéis Receitas

#FestaJunina – Quentão

receita de quentao

Feito sob medida para aquecer as noites frias, a origem do quentão não é exata. A bebida fumegante teria sido criada no interior de Minas Gerais e São Paulo, especialmente para as festas que homenageiam os santos juninos, mas também existem estudos apontando que a origem dessa bebida pode estar relacionada com o ciclo da cana-de-açúcar, ainda nos primeiros anos de colonização.
Independente do autor, a receita é sucesso nas Festas Juninas e perfeita para as noites frias de inverno. Fácil de preparar, ele é tradicionalmente feito com cachaça, açucar, gengibre e especiarias, mas pode sofrer variações de acordo com a região, ganhando adição de lascas de cítricos como laranja e limão, que conferem ainda mais aroma e personalidade.

Mas já que a cachaça é a estrela da bebida, vale a pena caprichar na escolha. Prefira as de alambique e de procedência garantida – o endereço do fabricante, o lote da bebida e outras informações legais do rótulo devem estar obrigatoriamente presentes, indicando que aquele alambique está atento aos procedimentos mínimos de regularização. O terroir também garante a compra de uma boa bebida – Salinas (MG), Paraty (RJ) e o Sul do Brasil são regiões que têm se destacado na produção de Cachaças Artesanais de qualidade. A Paraíba e a Bahia, também produzem rótulos de qualidade.

Então, separe os ingredientes e aposte no quentão!

INGREDIENTES

3 xícaras (chá) de cachaça
2 xícaras (chá) de água
1 ½ xícara (chá) de açúcar
1 colher (sopa) de gengibre ralado (um pedaço de cerca de 3 cm x 3 cm)
casca de 1 laranja
casca de 1 limão
2 ramas de canela
5 cravos-da-índia

MODO DE PREPARO

Em uma panela média, coloque o açúcar, o gengibre ralado (confira nossa seleção de raladores!), as cascas de laranja e de limão, a canela e o cravo. Leve ao fogo médio e deixe cozinhar até o açúcar derreter completamente e formar um caramelo dourado – mexa de vez em quando para não queimar.

Retire a panela do fogo e regue com a água aos poucos. Cuidado: se a panela estiver muito quente o líquido pode borbulhar. Mexa delicadamente para misturar – não se preocupe se parte do açúcar endurecer, ele vai dissolver durante o cozimento.

Volte a panela ao fogo médio e misture a cachaça. Assim que começar a ferver, abaixe o fogo e deixe cozinhar por 25 minutos.

Desligue o fogo e, com uma concha, sirva o quentão direto da panela e sirva a seguir em canecas ou copos de parede dupla.

Que tal acompanhar o quentão com um delicioso Bolo de Milho? Clique e confira.

Drinks e Coquetéis Receitas

3 drinks clássicos

drinks clássicos

Há muito já misturamos bebidas e criamos drinks e coquetéis que ganharam fama mundo afora, mas foi em 1806 que surgiu uma definição formal, quando a publicação The Balance de Nova York, declarou: “Um coquetel é um licor composto de bebidas alcoólicas, água, açucar e uma gota de amargo… que robustece e aumenta a ousadia do coração, e ao mesmo tempo confunde a cabeça.”

Muitos outros ingredientes foram parar nos coquetéis desde então e nunca mais paramos de criar misturas criativas, ousadas e saborosas e a mixologia conquista cada dia mais adeptos. Mas, se novas invenções são sempre bem vindas, nada como um clássico que nunca sai de moda. Aqui, três deles em suas versões mais famosas para libertar o mixologista que existe em você!

drink negroni
Negroni

1 dose de Campari
1 dose de gim
1 dose de vermute doce
casca fina de uma laranja
Gelo

Coloque o gelo num copo. Acrescente as doses de Campari, gim e vermute doce.
Misture bem com uma colher. Decore o copo com casca da laranja.drink dry martini

Dry Martini

60 ml de London Dry Gim
60 ml de Vermute Seco

Gele uma taça de coquetel e reserve.
Em uma coqueteleira gelada, coloque o vermute e o gim (não é necessário agitar).
Mexa com uma colher bailarina.  Coe o coquetel para a taça, decore com uma azeitona no palito e sirva.

drink mojito
Mojito

1 dose de rum branco
1 colher (sopa) de açucar
suco de 1 limão
100ml de água com gás
10 a 12 folhas de hortelã
gelo picado a gosto

Coloque no copo onde vai ser servido o drink a hortelã e amasse bem com um socador, acrescente o suco do limão, a água com gás e o açucar.
Mexa bem. Adicione o rum e o gelo, enfeite com hortelã e sirva.

Confira aqui nossa seleção completa para seu bar.

Drinks e Coquetéis Receitas

Moscow Mule, o drink queridinho do momento

Já ouviu falar do Moscow Mule? Clássico dos anos 1950, o coquetel ajudou a popularizar o consumo de vodca nos Estados Unidos e no Canadá. O seu nome, algo como mula de Moscou, é uma referência ao efeito que o destilado de origem russa, cujo teor alcoólico varia de 35% a 60%, costuma causar em seus bebedores. A receita leva vodca, ginger beer e limão e é servida em uma caneca de cobre.

A origem ainda é incerta e há versões que vão desde dois amigos que precisavam desovar estoques de vodca e cerveja de gengibre, passam por um bartender americano e vão até um russo querendo se livrar de um estoque de canecas de cobre. Como se vê, a origem ainda é discutida mas a preferência pelo drink já é garantida em bares brasileiros.

A mudança de estação é a ocasião perfeita para preparar este drink refrescante.

Ingredientes

2 doses de Vodca
1 dose de suco de limão
Cerveja de gengibre (Ginger Beer) ou uma fatia de gengibre macerado e cerveja pilsen ou pale ale.
1 pedaço de limão
Gelo

Modo de Preparo

O copo indicado para esse preparo é o de cobre, como era costume nos EUA na década de 40, mas pode ser feito com um copo alto. Encha o copo com gelo e acrescente a vodca e o suco de limão.
Complete o copo com a cerveja de gengibre.
Caso não tenha a cerveja de gengibre, antes de colocar o gelo, macere um pedaço pequeno de gengibre no fundo do copo, acrescente o gelo, a vodca, o suco de limão e complete o copo com cerveja pale ale ou pilsen.
Misture levemente e decore com o pedaço de limão.